ÚLTIMAS POSTAGENS

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Lei Maria da Penha. Inconstitucional e discriminatória.




Trazendo mais polemica ao assunto, eu acho a lei Maria da penha completamente dispensável, só serve para tornar homens de bem reféns de mulheres sem escrúpulos. Não existem somente homens safados. Mulheres também.
Porque digo isto? Porque com esta lei o homem é culpado até que se prove o contrário.
Nossas leis já previam punição para casos de agressão e se elas eram brandas caberia aos legisladores endurecerem toda ela, não criar uma lei específica para gênero.
Em muitas das delegacias para mulheres o atendimento é feito por mulheres em uma clara criação de conflito entre gêneros, tornando parcial e tendenciosa as investigações.
Logicamente que um agressor de mulheres deve ser punido e em épocas de cavalheirismo, em que as mulheres eram vistas e se viam como frágeis, preciosas e delicadas e que se deixavam proteger pelos homens, um agressor assim merecia uma punição exemplar.
Hoje , dias em que se quer igualdade entre homem em mulher, como se quisessem mascarar que a mulher É fisicamente frágil se comparada com os homens no geral, cabe , pela lógica, a punição igualitária pela agressão sofrida ou realizada. Seja ela verbal ou física. Causada por homem ou mulher.
Quando não éramos tão Iguais a letra da lei nos tratava como Iguais, hoje que se quer passar a ideia de Igualdade a lei nos discrimina.
Na verdade tudo isso nada mais é do que a noção socialista de revanche, onde a mulher frágil precisa da revolução para sobressair-se ao homem.
O Mesmo acontece com o negro e o índio sobre o mau homem-branco, o pobre sobre o explorador rico, o gay sobre o intolerante hetero, o revolucionário de 64 sobre o torturador militar, o empregado sobre o expropriador patrão e etc.
Não existe uma real vontade de solucionar o “problema” (Entre aspas porque algum destes grupos não tem um problema real, mas sim um problema confeccionado especialmente para ele) destes grupos, apena a criação de conflito e a revolução.
E muitos de nós aderimos como idiotas úteis; massa de manobra a estas mentalidades psicopatas.
Estas mentes enxergam que em tudo onde exista poder, na visão marxista deles, precisa ser destronado. Até Deus entra no alvo e muitos ateus ou antireligiosos ficam excitadíssimos com os novos amiguinhos.
Mas vale lembrar que logo logo chegará a vez da democracia. Pois não é Ela o poder da maioria?

0 comentários:

Postar um comentário

Apostolado Shemá
Seja nosso parceiro. Cole o código em seu blog.

VISITE TAMBÉM