ÚLTIMAS POSTAGENS

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Quem criou a mentira carismática?

Seguindo os passos do MESTRE Pondé.

E AÍ, leitor de 15 anos? Diga-me cá uma coisa: é verdade que as Missas de hoje são cheias de músicas animadinhas, dancinhas, palmas e muitas outras coisas da hora, como a música do ZAQUEU? De quantas você participou? Já dançou a dança do espetinho? Como é aquele idioma que o povo da Canção Nova utiliza? CHUPABALAMACIA,CHAMAARAPARIGA, QUEMTEMBALAHALS...


E AÍ, leitor de pouco mais de 30 anos, você acha esse papo muito estranho?

Quem criou a mentira carismática? Por favor, alguém me ajude nisso. Ah, e quando eu falo dessa mentira carismática, não falo de quem criou Padres Fábios e Marcelos da vida, sacerdotes que abertamente ensinam o erro, proferem heresias, não cumprem suas obrigações, e todo o blá, blá, blá que todos já conhecem. Não é disso que eu falo. Quem foi que mentiu para estes jovens que tudo “ISSO” é catolicismo?

Preservem as baleias, os pandas, o verde, mas destruam toda a tradição da Igreja.

Aliás, parte dela, já que esse trabalho foi inciado tempos atrás por membros da alta hierarquia como Bispos, Padres, e “teólogos”. E não me venham com essa história de “respeito aos sacerdotes”, porque não estou acusando ninguém; que tal sairmos um pouco dessa superficialidade toda e encararmos a realidade? Hereges públicos apoiados por Bispos, aberrações litúrgicas encobertadas, documentos e instruções vindos de Roma são usados como rascunho nas mesas episcopais, isso para ficarmos em poucos exemplos.

Músicas católicas expressam a calamidade que passamos hoje, livros [podres] e palestras [piores ainda] fecham o pacote de horrores que circulam pelos ares carismáticos, quando não, na festa de final de ano da Canção Nova, vemos brilhar nos “palanques” pessoas como Dilma, Lula, Serra, etc.

Não fume, não beba, mas tenha comunistas, abortistas e terroristas como companhia. Mas, eu dizia que os jovens carismáticos....

Não existe “satisfação da fé” nisso tudo, mas um monte de vaidades satisfeitas: rock para os jovens, dança para os jovens, balada para os jovens, mas não fé para os jovens. E dentro dessa classe teen de nossa época, estão todos os que foram contaminados por este vírus, que está destruindo a passos largos as colunas que demoram parte de uma vida para serem construídas e mais o restante dela para permanecerem firmes, coloquem aí uma boa parte de senhoras e senhores de meia idade que desviaram do caminho e foram trazidos pela volta do “Espírito Santo à Igreja”.

Repito o que já disse: na acredito que se evangelize melhor os jovens hoje em dia, acho sim que hoje existe muito marketing, muito papo furado, muita gente mole e muita gente burra. Como diria Pondé: “A chamada "revolução do desejo" serve para ganhar dinheiro com publicidade, livros e CD’s de gente “chique” e para aumentar a sensação, em seres humanos reais, de que todo mundo está feliz, menos você que não é carismártico.”

A prova de como a fé é tratada como brincadeira de criança (todo mundo gosta da Missa do Padre Marcelo, menos os “velhos e antiquados”) é a prova que, desse modo, qualquer boi pode ser carismático: sabe balançar, fazer barulho e não há nenhum problema de ir à Igreja, se for em bando, com o líder para guiar o caminho e sem defecar no chão.

Alguém precisa parar de mentir e avisar para estes iluminados que a vida é uma chacina cotidiana. Que o envelhecimento chega sem que você espere, que o mundo fica repetitivo com o tempo, que as pessoas ficam previsíveis e que o legal de agora, já não fará efeito amanhã. Que quando as pernas não agüentarem mais pular e dançar, a Igreja será facilmente trocada pelo Faustão, pelo Gugu, ou pelo Silvio Santos. Não é com danças, festas e sentimentalismos que a Igreja construiu sua história bi-milenar. Avisem a elas que o caminho da fé é doloroso, difícil, e muita gente morre fácil, porque é sempre mal-adaptado num ambiente mais afeito a baratas do que a seres humanos.

10 comentários:

  1. Junior,este seu texto ficou bem estilo Pondé mesmo ácido e sem misericórdia...

    ResponderExcluir
  2. Reconheço os excessos da RCC ; mas há coisas boas.

    No entanto nos últimos tempos o que vemos é isso : a teatralização da fé.O texto enquanto retrato da situação geral do catolicismo no Brasil é muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Junior, criatura abissal e indevassável, adorei o texto, ri bastante. É bem verdadeiro, haha. Grande Mestre Pondé, que nos ilumina com suas idéias transcendetais! o/

    ResponderExcluir
  4. Junior, Embara seja duro admitir, você está certo. Ficamos tapando nossos olhos e usando eufemismo com a situação atual.

    ResponderExcluir
  5. Apesar de ser lamentável, é inegavelmente verdade! Mas o que a Santa Sé diz a respeito, alguém poderia me responder? Ou será que ela desconhece o rumo que a igreja no Brasil está tomando?

    ResponderExcluir
  6. Júnior, meu caro. Eu compartilho da sua opinião sobre essas boçalidades de massas. Mas acho que esse texto seu está muito parecido - parecido demais - com o texto do professor Pondé. Acho que você tem que começar a raciocinar mais como livre pensador, e criar um estilo próprio de escrita. Eu mesmo tenho o Pondé como referência pela qualidade do texto e pela forma direta e sem afetações politicamente corretas como ele fala. Mas pera lá, você manteve a mesma estrutura do texto do cara! Não faça mais isso, por favor.

    E sobre o assunto do artigo, eu entendo o movimento carismático como uma estratégia que a Igreja usou para combater o esquerdismo católico da teologia da libertação. É uma forma de ter maior acesso às massas. É, em suma, um projeto de banalização da religião. Foi conveniente durante um tempo. Mas o Brasil não tem carga cultural para uma religiosidade profunda e reflexiva, a religiosidade passa pelo show, pelo pop, pela pirotecnia.

    Cultura de massa.

    ResponderExcluir
  7. Prezado Cassiano, Salve Maria!

    Prezado, que bom que você é um leitor do Pondé, e ainda bem que você percebeu que o texto é puramente Pondé.A intenção foi esta mesmo, e eu não quis lograr os méritos deste texto, até mesmo os ofereço a ele. Mas, eu tenho sim minha própria linda de escrita, basta ver textos como o "Diga não à burrice e à ignorância que o Caio Rossi vai junto", ou o "Aonde está a catolicidade da música católica atual", que verás que eu sei escrever de forma direta sem copiar linhas de ninguém.

    Paz e Bem!

    ResponderExcluir
  8. Junior,

    As obrigações me mantiveram um pouco afastado daqui, mas aqui estou novamente, e me deparo com este texto, ótimo.

    Uma linguagem sem frescura para jovens frescos, um tapa na cara de de rostos maquiados que querem só carinho, um chute nos traseiros que não conseguem ficar colados no banco durante a missa...

    Quem ensinou que isso é catolicismo? Não sei! Mas, sei que alguém não ensinou a eles o que é o catolicismo! Então são presas facilmente ludibriadas, são ovelhas facilmente roubadas, são pessoas que preferem ser fãs do que fiéis.

    Ah mas a RCC tras os jovens para igreja (desculpa proferida tantas vezes que já virou dito popular). E assim nascem Católicos para os quais o SANGUE E CORPO DE CRISTO já não são suficientes, precisam de futilidades, de pessoas para alimentar suas vaidades, precisam de amiguinhos para sentar ao seu lado enquanto o Padre faz a chata homilia, uma juventude que não sabe escutar porque nunca ensinaram que a salvação nasce na escuta!

    Abraços!

    Jefferson Nóbrega
    Pax et bonvs!

    ResponderExcluir
  9. Jefferson, não poderia ter dito melhor.

    ResponderExcluir
  10. A paz de Jesus e o amor de Maria.

    E é por causa dessas misérias humanas(o que vcs editaram aqui)é que estamos orando, intercedendo(ou pelo menos!!! já que para vcs não fazemos nada)a RCC ora por vcs e toda a Igreja Catolica Apostolica Romana no mundo,para que se una e tenha fé em só pedra angular... Jesus Cristo. VCs são amados por Deus e por nós!Que a Santa Virgem Maria nos abençoe e Espirito Santo de Deus, quem da o dicernimento, ilumine a vida de todos vcs...

    " Eis que vos dou um novo mandamento;Amai-vos uns aos outros assim como eu os amo" JO 13,34

    "E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos." Rom 8:26,27

    "Se me amais, guardareis os meus mandamentos.E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Paráclito, para que fique eternamente convosco.É o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não o vê nem o conhece, mas vós o conhecereis, porque permanecerá convosco e estará em vós.
    Não vos deixarei órfãos. Voltarei a vós." Joao 14:15-18

    ResponderExcluir

Apostolado Shemá
Seja nosso parceiro. Cole o código em seu blog.

VISITE TAMBÉM