ÚLTIMAS POSTAGENS

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Bento XVI e sua análise sobre o Marxismo

Do Livro: Jesus de Nazaré; Ratzinger, Joseph; pág.: 45. Ed.: Planeta, Brasil – 2007.

A Segunda historia do pão aponta já para a terceira e e preparação para ela: a Ultima Ceia se torna Eucaristia da Igreja e o permanente milagre do pão de Jesus. Jesus mesmo se tornou o grão de trigo que deve morrer para que de muitos frutos (Jo 12.24). Ele mesmo se tornou o pão para nos e esta multiplicação dos paes e essa multiplicação dos paes dura ate o fim dos tempos inesgotavelmente. Assim compreendemos agora a palavra de Jesus, que ele retirou do Antigo Testamento (Dt, 8.3), para com ela repelir o tentador: “O homem não vive só de pão mas de toda palavra que sai da boca de Deus” (Mt 4,4). A este respeito há uma expressão do Jesuíta alemão Alfed Delp que foi condenado a morte pelo Nazistas: “O pão e importante, a liberdade e mais importante, mas o mais importante de tudo e a adoração”.

Onde esta ordem dos bens não for respeitada, mas invertida, não haverá nenhuma justiça, não haverá mais cuidado com os homens que sofrem; mas precisamente ai o domínio dos bens materiais será desordenado e destruído. Onde Deus e considerado uma grandeza secundaria, onde pode ser deixado de lado por algum tempo, ou por todo o tempo por causa de coisas mais importantes, ai precisamente fracassam essas coisas pretensamente mais importantes. Não e só o desfecho negativo da experiência marxista que o demonstra.

A ajuda do Ocidente para o desenvolvimento com base em princípios puramente técnicos e materiais – que não só deixa Deus de lado, mas obriga o homem a d’Ele se afastar com o orgulho de saber fazer melhor – foi precisamente esse tipo de ajuda que criou o terceiro mundo no sentido que hoje se entende. Esta “ajuda” empurrou para o lado as estruturas religiosas, morais e sociais e instaurou no vazio a sua mentalidade tecnológica. Ela julgava poder transformar pedras em pão, mas gerou pedras em vez de pão. Trata-se do primado de Deus. Trata-se de O reconhecer como realidade, como realidade sem a qual nada pode ser bom. A historia não pode ser regulada longe de Deus por estruturas puramente materiais. Se o coração do homem não for bom então nada pode tornar-se bom. E a bondade do coração só pode, em ultima instancia, vir daquele que e bom, que e o bem em si mesmo.

62 comentários:

  1. teu blog e bem interresnate fla sobre religiões tem varios temas......parabens...

    ResponderExcluir
  2. Bom problema seu se você odeia o comunismo, mas pelo visto você nem conhece, não eu não sou comunista, sou capitalista um consumidor nato!

    Tudo o que falei foi baseado em fatos históricos, se errei em algum ponto favor aponte o ERRO, falar que está errado todo mundo pode...onde está errando nem todos...
    Conheço o marxismo faz um tempo, obrigado pela dica...mas pelo jeito nem o manisfesto comunista leu...

    "passe no blog para ler o que o Marxismo e suas idéias de um mundo separado de Deus fez com o Terceiro mundo"

    Homens fizeram o caos com o terceiro mundo, eu poderia me sujeitar e falar sobre o SEU capitalismo fez com o terceiro mundo(africa e américa latina), dos bancos ou o fmi mas pra que?

    Nunca vou concordar com o papa eu odeio aquele homem(pelo menos o Bento eu gostava do joão paulo tinha ótimas idéias), mas isso não implica de conhecer o lado bom da igreja...diferente de você que só julga, sem conhecer o outro lado!

    Sem Deus nada pode ser bom?
    Seu conhecimento sobre ongs brasileiras é de baixo nível precário, eu participo de uma ativamente, de vez enquando vou no centro de são paulo fazer uns lanches pra umas crianças que tem no anhangabau, você só é "bonzinho" por medo da religião eu faço essa tipo de coisa por que eu acho certo fazer independentemente de religião ou não.

    O homem deveria ser bom por natureza, mas já que somos suas criações CULPE O SEU DEUS então, não o comunismo, ou capitalismo ou coisa que o valha já que são ferramentas

    "Mas comentando o texto, na minha opinião, vc tem grave falta de conhecimento Histórico para falar de Idade Média"

    Blá bla blá eu sou estúpido, foi tudo que eu consegui ler, como disse antes legal e falar que to errado, mostrar onde estou errado que é mais legal ainda ninguém quer...

    "Criar uma sociedade longe de padrões morais e religiosos, é o memso que instaurar um posto de gasolina no deserto, sem conexão, a sociedade se perpetua no vazio."

    Bla bla bla, você está se baseando em achismos, em falácias, onde aprendeu sociologia/antropologia ou mesmo filosofia no supletivo?

    Não tente dar uma de intelectual, onde conseguiu seu conhecimento na revista veja?

    Obrigado e volte sempre ^^
    gustasou.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Essa explicação para a criação do terceiro mundo é um pouco estranha.
    Onde o consumismo é mais ativo? Em paises do primeiro mundo ou nos paises do terceiro mundo? Como pode os paises do terceiro mundo terem optado pelo materialismo neste sentido, sendo que suas sociedades não tem poder aquisitivo para isso?
    O terceiro mundo sempre foi terceiro mundo muito antes do Marxismo ser "inventado". A Russia teve o socialismo implantado a partir de 1917! Por acaso os paises sulamericanos, africanos, da Asia eram ricos e desenvolvidos nesta época?
    Percebe-se o quanto a igreja catolica era contra o Comunismo, aliás até apoio os Nazistas! Minha nossa, como tiveram esta coragem...
    Essa de empurrar os principios morais foi clássica! O que esta gente define como principios morais? Seria os paises ricos imperializarem os paises mais pobres e submetelos a dívidas impagaveis, instalar suas multinacionais com mão de obra barata, concentrar riqueza? Francamente...
    Uma outra coisa, as denuncias feitas por Karl Marx no inicio do século passado ainda não foram sanadas pelo capitalismo! E duvido que consiga fazer isso...o abismo entre a elite porca e hipocrita e os pobres continua o mesmo sem alterações.

    ResponderExcluir
  4. Não sou muito religiosa, na verdade.

    ResponderExcluir
  5. Gus
    .
    Voltei. Então esse debate vai ser emocionante e longo:
    .
    Você disse:"Eu sempre defendi um Estado, que separasse as influências religiosas do país, não que não goste de religiões, mas uma sociedade deve ser regida pela razão,o que mais me incomoda são pessoas que se dizem cristão/evangélicos e ficam julgando coisas que nem ao menos dão o trabalho de entender. Protestantes e católicos dizem que os muçulmanos são extremistas, mas o que ocorre na Irlanda do Norte, aquilo não é extremismo? E a igreja ortodoxa russa o que fez durante anos contra outras denominações? Paz? Se falar da idade média então, as mulheres chamada de bruxas? E outros que a desafiam a Igreja como Leonardo Boff?"
    .
    Nós Católicos julgamos como errônea, toda e qualquer Doutrina que não seja Católica. Agora, como diz a constituição Dogmática "Dignitatis Humanae" do Concílio Vaticano II: "É do direito natural do homem a liberdade sem censura de expressar sua crença". Onde está o julgamento?
    .
    Além do mais temos aqui a famosa Inquisição. Com certeza vc não leu o livro "A Inquisição em seu Mundo" do Bernadinho Gonzaga, ou mais recentes como O Livro do Thomas Woods - PHD de Harvard, que escreveu o livro: "Como a Igreja Católica construiu a civilização ocidental. Muito menos vc chegou perto de Pernoud, Francesa, Ganhadora do prêmio de História da Universidade de Oxford. (França - Oxford , ela é boa né?).
    .

    ResponderExcluir
  6. Mas claro, olha só o que você falou:
    Malleus Maleficarum(...) (O Martelo das Bruxas ou O Martelo das Feiticeiras - título original em latim) , é um livro da Igreja católica, onde se ensinava como distinguir, caçar e condenar “bruxas”, escrito por dois inquisidores dominicanos , Heinrich Kraemer e James Sprenger, apresentaram o livro na universidade de Colonia(na Alemanha), que foi rejeitado pelo clero, mas existem versões posteriores que tem uma nota de aceitação da faculdade, segundo a Igreja Católica, Kramer que inseriu essa nota falsa.
    .
    Só se precisava saber que com a reforma protestante a Igreja Católica perdeu território na Alemanha por causa de Lutero, nos Países eslavos e do norte da Europa, por causa de Calvino, e na Inglaterra e outros Países como O País de Gales, com o Henrique VIII.
    .
    Então citar,Alemanha, Irlanda do Norte, é o mesmo que querer falar de Futebol na china onde o esporte nacional é o Ping - Pong.
    .
    Eu vou deixar depois alguns link's sobre a Inquisição CAtólica e um texto raro chamado: "A Inquisição Protestante", e então saberá o que Calvino fez com as Bruxas.
    .
    Passando adiante:
    .
    O último imperador pagão, Constantino, via o crescimento do cristianismo se matava 2 cristãos outros 10 apareciam, o que ele fez? O juntou útil ao agradável, se tornou um cristão ou o seu império decaía devido ao crescente aumento do catolicismo, e influenciou muito do que temos hoje em dia, por exemplo, aquele biscoitinho que simboliza o corpo de cristo, as festas juninas por exemplo é a mesma festividade de Beltane, simbolizando a união das energias masculina e feminina.
    .
    E Jesus Cristo, um homem comum que muitos cientistas tentam até hoje provar a sua divindade ou não, para os católicos romanos, foi anunciado como o filho de Deus 325 anos após sua morte no concílio de Nicéia. Entretanto,eles, como todo o cristianismo, tem fundamentos em outras religiões e divindades.
    .
    O Concílio de Nicéia I condenou o Arianismo, o Credo que foi estabelecido já por volta de 150 ja colocava Jesus como Homem e Divino. No Catolicismo não há nada em questão de doutrina de Fé e moral que não seja divinamente revelada por Deus. "A Igreja do Deus vivo não é a coluna e sustentáculo da verdade". (Tm 3,15) A Igreja é infalível, é por ela que a salvação se estende a toda a humanidade.
    .
    O Corpo de Cristo é o maior de todos os milagres na história da Igreja, que seperpetua inesgotavelmente no mundo. E é este o maior de todos os bens que alguem pode receber.
    .
    Sobre o as atitudes caridativas:
    Você faz o bem sim, mas um bem que não tem embasamento, que é sem ligação com Deus, por isso não pode ser um bem perfeito.
    .
    "O pão é importante, a liberdade é mais importante, mas o que está acima de tudo é a adoração". Sem seu coração ligado a Deus em primeiro lugar, suas obras não deixarão de ser somente de caratér material. Isso é a Igreja que diz.
    .
    Agora só porque existe um embasamento filosófico e religioso pra um católico querer fazer o bem, isso torna o ato de fazer o bem pior? Como sabe que eu faço por medo?

    Você sabia que se a Igreja Católica parar suas obras sociais não há outra instituição que vai conseguir segurar. Como seria a vida de 25% dos Aidéticos do mundo, de 15% da classe miserável do Planeta?

    Será que as missionárias na áfrica têm medo de irem ao inferno e por isso vão pra lá?
    .
    Não condeno suas atitudes de caridade, condeno você dizer que a Igreja Católica é o que não é, e mais ainda, dizer aquilo que tem na cabeça sem colocar aquilo que é de fato.
    .
    Eu que vos digo: "Conhecereis a verdade e a Verdade vos liberta-rá"
    .
    Até mais.

    ResponderExcluir
  7. Bem, eu não gosto de Religiões, então vou me abster de comentar para não "inflamar".
    Não dou calote.

    Até mais.

    ResponderExcluir
  8. o.O

    eu me abstenho de comentarios sobre qlq tipo de crença..mas legal o blog =D

    abraço

    ResponderExcluir
  9. Onde está o julgamento?

    Está bem aqui: "Bem eu poderia simplesmente pedir para que vc passe no blog para ler o que o Marxismo e suas idéias de um mundo separado de Deus fez com o Terceiro mundo"

    Você não conhece absolutamente nada sobre o marxismo, ou seja julgamento incorreto!

    "Sem Deus nada pode ser bom."

    De fato eu acredito em Deus mas de uma maneira diferente da sua, mas você quer usar verdade absoluta? não exixte verdade absoluta, existem pontos de vista, para você "Sem Deus nada poder ser bom", Mas isso não implica que seja verdade, só implica que você acredita! E eu não claro...

    Bernardino Gonzaga? sim conheço e li, os outros só li bem poucos artigos, mas li sim... na realidade só gosto de história por hobbie meu negócio é tecnologia = / ah sim concordo são realmente bons ... = )


    "Só se precisava saber que com a reforma protestante a Igreja Católica perdeu território na Alemanha por causa de Lutero, nos Países eslavos e do norte da Europa, por causa de Calvino, e na Inglaterra e outros Países como O País de Gales, com o Henrique VIII"

    Tá ok falou bonito mas não falou nada, citei dois países, mas isso não fez com que a inquisição fosse amena em outros lugares, como na espanha ou portugal onde o catolicismo era extremamente forte. Eu não consigo contar os mortos ... e você?


    Obrigado pelos textos de calvino, vou ler certamente e vou dar meu aval claro!

    "O Concílio de Nicéia I condenou o Arianismo, o Credo que foi estabelecido já por volta de 150 ja colocava Jesus como Homem e Divino. No Catolicismo não há nada em questão de doutrina de Fé e moral que não seja divinamente revelada por Deus. "A Igreja do Deus vivo não é a coluna e sustentáculo da verdade". (Tm 3,15) A Igreja é infalível, é por ela que a salvação se estende a toda a humanidade."

    Citar versículos para mim é a mesma coisa que nada, ah infelizmente discordo que a salvação tende ser por intermédio de qualquer instituição.

    "Você faz o bem sim, mas um bem que não tem embasamento, que é sem ligação com Deus, por isso não pode ser um bem perfeito."

    Tá ok falou e ficou na mesma, eu não preciso ter algum embasamento para ajudar eu ajudo só isso, não espero que as pessoas me achem altruísta, não espero algum tipo de agradecimento pra mim tudo isso é desnecessário, eu não sou perfeito nem que eu tivesse essa tal ligação com Deus seria perfeito, eu sou imperfeito logo tudo o que faço não tem perfeição, mas tento chegar perto...

    ""O pão é importante, a liberdade é mais importante, mas o que está acima de tudo é a adoração". Sem seu coração ligado a Deus em primeiro lugar, suas obras não deixarão de ser somente de caráter material. Isso é a Igreja que diz."

    Eu acredito em Deus de uma forma diferente de você, eu não me importo se a igreja fala que tem caráter material ou espiritual...

    ResponderExcluir
  10. "Agora só porque existe um embasamento filosófico e religioso pra um católico querer fazer o bem, isso torna o ato de fazer o bem pior? Como sabe que eu faço por medo?"

    Quando eu falei que fazer o bem por medo é ruim? ou nas suas palavras "pior"? Bom eu fui inconsequente colocando palavras na sua boca, dizendo que vc só faz o bem por medo, tirando todo seu lado religioso por que você faz o bem? o que te motiva a isso? como já disse para mim é o certo independentemente de qualquer coisa.

    "Você sabia que se a Igreja Católica parar suas obras sociais não há outra instituição que vai conseguir segurar. Como seria a vida de 25% dos Aidéticos do mundo, de 15% da classe miserável do Planeta?"

    Eu não falei que discordo das obras sociais da santa igreja, falei que independentemente de qualquer coisa deveríamos fazer o bem, mas isso não quer dizer que seja verdade acredita nisso quem quer...

    "Será que as missionárias na áfrica têm medo de irem ao inferno e por isso vão pra lá?"

    Alguns tem realmente a vocação, (lembrei da tereza de calcuta agora, grande mulher...)mas a grande maioria? você tem um certo conhecimento sobre o catolicismo eu conheço também mas e ai? quantos cristãos exixtem?

    "Não condeno suas atitudes de caridade, condeno você dizer que a Igreja Católica é o que não é, e mais ainda, dizer aquilo que tem na cabeça sem colocar aquilo que é de fato."

    Eu não me importo se você condena ou não eu não espero algum tipo de absolvição de seu Deus, não sou eu que digo o que é a Santa igreja católica, é a história quem diz, os milhões que foram mortos por ela quem diz, são as mentiras contadas até hoje quem diz, é a opus dei quem diz


    E a verdade nos libertará, está melhor? = )


    "Bem mais do que o povo hoje tem conciência, a Igreja moldou o tipo de Civilização em que vivemos e o tipo de pessoas que somos. Embora os livros textos típicos das faculdades não difam isso, a Igreja foi a indispensável construtora da Civilização Oriental. A Igreja não só eliminou os costumes repugnantes do mundo antigo, como o infanticídio e os combates dos gladiadores, mas, depois da queda de Roma, ela restaurou e construiu a civilização."

    Só por que alguém tem PHD e estudou em Harvard isso não o torna dono da verdade, é fato que a igreja influênciou muitas coisas, mas isso não quer dizer que ela achava aquilo errado, só queria dizer que aquilo andava contra os propósitos da mesma.

    Eu vou ler os textos, é que final de faculdade + trampo = danou-se

    Mas ai o que vale é agregar conhecimento ... = )

    Amo debates principalmente filosofia e sociologia = )

    ResponderExcluir
  11. Discussão interessante por aqui, se me permitem gostaria de tecer alguns comentários sobre História:

    Estes comentários do Gus originalmente não eram pra mim, mas, mesmo assim gostaria de avaliá-los:

    "...mas você quer usar verdade absoluta? não exixte verdade absoluta, existem pontos de vista."

    E esta é uma verdade absoluta?! Tomar a expressão 'não existe verdade absoluta' dando a ela um caráter absoluto é uma atitude contraditória em si mesma. Se existem somente pontos de vista, toda essa discussão é infrutífera, pois se a verdade não existe não há sentido em buscá-la, não há sentido em ficarem se alfinetando em blogs.

    Sobre João Bernardino Gonzaga há um capítulo inteiro de "A Inquisição em seu mundo" em meu blog, e mais alguns textos sobre a Inquisição, aqueles que se interessam pelo tema, não deixem de passar por lá. ;)

    "...como na espanha ou portugal onde o catolicismo era extremamente forte. Eu não consigo contar os mortos ... e você?"

    Refere-se à Inquisição?! Fala-se que durante os 14 anos em que Torquemada atuou em Espanha, 100 mil foram os processos por ele conduzidos, e 2 mil resultaram em sentenças de morte. Essa é a posição de Gui & Jean Testas. No entanto, já se falou de 300 mil processos resultantes em pena de morte. Llorente era quem dava essa cifra exorbitante, depois Henry Charles Léa o contradisse. E Rino Camilleri dá outras cifras menores. Agostino Borromeo, que recentemente lançou livro com novos estudos sobre a Inquisição, diz que de 125 mil processos, menos de 2% foram levados a morte pela Inquisição Espanhola. E nesta nuvem de fumaça, muitos são os que arriscam outros números. Não consigo contar realmente - até porque não tenho os processos inquisitoriais para avaliar e acredito que você também não tenha -, mas, não tenha dúvidas que os ditadores comunistas deixam qualquer inquisidor parecendo um amador nesta questão.

    "...não sou eu que digo o que é a Santa igreja católica, é a história quem diz, os milhões que foram mortos por ela quem diz, é a opus dei quem diz"

    O que a História diz, e sobre o que? Especifique, construa um discurso! Do modo como falou ficou parecendo nada sobre coisa nenhuma. E que milhões?! Se você mesmo disse acima não conseguir 'contar os mortos', como agora tira esse número do bolso? E o que tem a ver a Opus Dei? Por acaso você é daqueles leitores de Dan Brown que acredita que eles fazem sacríficios cruentos de si e de outros como oferenda a Deus?!

    Att! ;)

    ResponderExcluir
  12. Li os textos que sugeriu e comentei, se faz necessário falar com o 2º junior!

    Eu não vou me dar o trabalho de responder os ultimos comentários, por que é do 1º junior e o 1º junior não tem a menor noção de história, o segundo já tem! e qqr um dos tem pouca informação sobre o marxismo então nem vale a pena entrar nesse assunto!

    ai dá pra ter um debate saudavel!

    ResponderExcluir
  13. Spertnez
    .
    Cara, por favor me responda porque já havia países pobres e, muito pobres diga-se de passagem, quando o Comunismo foi idealizado?
    .
    A Pobreza sempre existiu, não foi com o Comunismo que a pobreza "nasceu". O Capitalismo selvagem é destruidor. É esse o Capitalismo que enriquece as custas da miséria dos povos da África, como a Nike que explorava crianças da Nigéria, ou o FMI que criou Abismos sociais, e que segundo o ganhador do prêmio nobel de Economia, foi o causador do crescimento da AIDS na Polônia, e também do Atentado dos 11 de Setembro. Claro, o Capitalismo que vivemos hoje, que quer somente explorar, explorar, e explorar, é algo abominável, e Deus não quer isso aos seus filhos.
    .
    Mas o Capitalismo, quando exercido para o bem, gera proveitos. Pegue Noruega, Finlândia, Dinamarca, Suécia, e outros Países que unem capital humano, com capital natural, e proporcionam a população uma vida digna. O Capitalismo ainda tem "jeito", agora o Comunismo não, pois seu problema está na raiz.
    .
    "Cara, o Comunismo foi idealizado justamente porque havia esta diferença enorme entre ricos e pobres e tu vem falar que o causador da pobreza é o Comunismo!"
    .
    Sim, vc está certo, a Revolução de 1917 na Rússia foi a prova viva disso. Mas por que não deu certo?
    .
    Eu não disse que o causador da Pobreza é o Comunismo. Eu disse que odeio o comunismo, e que o Marxismo formou o que hoje é o Terceiro Mundo. O Terceiro mundo é muito mais hoje do que simplesmente pobreza Material, como disse o Papa: " A ajuda que deram aos Países do terceiro mundo era pra que se gerasse mais pão. Foram empurradas para o lado para que essas coisas pretensamente mais importantes,(como acabar com a miséria), se estabelecessem, porém, ai que essas coisas pretensamente mais importantes falharam". Hoje o Brasil, o País mais "Católico" do mundo, é um dos maiores consumidores de anticoncepcionais, e em breve - se a situação não mudar - o aborto, a Eutanásia, e tantas outras coisas estarão aqui também. E veja, ainda continua pobre. Pode ser um exemplo bobo, mas e o Chile? Pq ele cresce apoiado em progresso cultural, social, e tantas outras coisas se ele a até um tempo atras era mais pobre que o Brasil, e já tem o melhor IDH da América Latina? É o Capitalismo Responsável.


    Enfim, coloquei aqui argumentos, Históricos, Religiosos e também econômicos.
    ."
    Cara, por que tu não rouba e nem mata? Você tem medo do castigo de Deus, das leis do homem ou tu foi educado a respeitar sempre o próximo?
    Eu não sigo religião nenhuma nem por isso eu roubo e nem por isso mato ninguém, não tem nada a ver com religião.
    Esse negócio de alma voltada para o bem e se não estiver é opressor não tem nada a ver cara...vocês rotulam as pessoas que não seguem a religião como pessoas más, também conheço isso como preconceito e pré-julgamento."
    .
    De fato, vc não precisa ter uma religião para estar com o Coração voltado para Deus, Existe o que a Teologia Chama de Lei Natural, que todos conseguem cumprir com a razão e a Graça Habitual. Essa Lei natural consiste em se abster de fazer o mal, e fazer o bem, conscientemente. Porém fazer o mal está muito mais além do que preceitos morais. E claro, isso só é válido para pessoas no estado de Ignorância Invencível, que não é o seu caso.
    .
    Agora, isso é sim um julgamento, diante da verdade que eu tenho, pois a verdade é uma só, e O Espírito da Verdade não se contradiz. Como eu tenho a verdade absoluta como base, eu posso fazer um julgamento. Claro, que Julgo argumentos e não pessoas. Julgar o caráter da pessoa, só Cristo pode fazer.
    .
    A tese Teológica da opressão é vinda da questão do pecado Original. Enfim, Coo disse, argumentos Teológicos não servem nesse Debate.

    Até a próxima visita.

    ResponderExcluir
  14. Luiz

    "E esta é uma verdade absoluta?! Tomar a expressão 'não existe verdade absoluta' dando a ela um caráter absoluto é uma atitude contraditória em si mesma. Se existem somente pontos de vista, toda essa discussão é infrutífera, pois se a verdade não existe não há sentido em buscá-la, não há sentido em ficarem se alfinetando em blogs."

    Isso é uma afirmação, meu ponto de vista, você pode acreditar em suas verdades absolutas como quiser...
    A parte do marxismo muito infrutífera mesmo, quando eu falei que a verdade não existe? Me lembro da verdade absoluta, não tente colocar contradição onde não existe!
    Existe sentido sim em buscar a verdade, no caso o que me motiva na busca da verdade é diferente da sua!

    "Sobre João Bernardino Gonzaga há um capítulo inteiro de "A Inquisição em seu mundo" em meu blog, e mais alguns textos sobre a Inquisição, aqueles que se interessam pelo tema, não deixem de passar por lá. ;)"

    Thanks

    "Refere-se à Inquisição?! Fala-se que durante os 14 anos em que Torquemada atuou em Espanha, 100 mil foram os processos por ele conduzidos, e 2 mil resultaram em sentenças de morte. Essa é a posição de Gui & Jean Testas. No entanto, já se falou de 300 mil processos resultantes em pena de morte. Llorente era quem dava essa cifra exorbitante, depois Henry Charles Léa o contradisse. E Rino Camilleri dá outras cifras menores. Agostino Borromeo, que recentemente lançou livro com novos estudos sobre a Inquisição, diz que de 125 mil processos, menos de 2% foram levados a morte pela Inquisição Espanhola. E nesta nuvem de fumaça, muitos são os que arriscam outros números. Não consigo contar realmente - até porque não tenho os processos inquisitoriais para avaliar e acredito que você também não tenha -, mas, não tenha dúvidas que os ditadores comunistas deixam qualquer inquisidor parecendo um amador nesta questão."

    Infelizmente não tenho tais documentos, mas sobre os ditadores comunistas, você fala que qualquer inquisidor iria parecer um amador perto de um ditador comunista, que tal um papa então? através da Bula Dum Diversas, de 16 de junho de 1452 o papa nicolau que transmitiu ao rei afonso de portugal, o que concedeu através destes documentos? O que fizeram os reis de portugal e espanha apoiados neste documento? Bom taí somente uma comparação 'desta questão' com o que você acha que é um ditador comunista, você não conhece o comunismo também e esse debate como falei antes não vale a pena, assim como eu não entendo a fé católica eu não me dou o direito de ponderar sobre.

    "O que a História diz, e sobre o que? Especifique, construa um discurso! Do modo como falou ficou parecendo nada sobre coisa nenhuma. E que milhões?! Se você mesmo disse acima não conseguir 'contar os mortos', como agora tira esse número do bolso? E o que tem a ver a Opus Dei? Por acaso você é daqueles leitores de Dan Brown que acredita que eles fazem sacríficios cruentos de si e de outros como oferenda a Deus?!"

    Fala mais ainda? Toda a IM? Eu coloquei meu ponto de vista sobre tal assunto!
    Sobre os milhões de mortos, eu estava parafraseando meu ponto de vista/idéia, mas pelo jeito fugiu da minha idéia, peço perdão se entendeu incorretamente, mas ratifico, não posso contar os mortos!
    Eu gosto dos livros de Dan brown(meu preferido é fortaleza digital), mas o último filme ficou um saco sem açucar, a Opus Dei não gosto pois é um tanto extremista! você vai me perguntar em que pontos a Opus é extremista? não gosto de falar sobre da Opus Dei, da mesma forma não gosto de falar de maçons, rosacruz pois nunca participei das mesmas.(Não estou fazendo comparação nenhuma entre elas)

    Luiz fernando, seus argumentos são interessantes no meu ponto de vista, e você sabe usar um pouco mais de lógica, sua interpretação de texto é melhor.

    ResponderExcluir
  15. Gus,

    você afirmou que 'não existe existe verdade absoluta', eu disse que dizer isso é afirmar uma verdade absoluta. Afirmar que TUDO é relativo é fazer dessa afirmação uma verdade absoluta, não há como fugir desse paradoxo. Compreende?

    “quando eu falei que a verdade não existe? Me lembro da verdade absoluta, não tente colocar contradição onde não existe!”

    Quem está se colocando em contradição é você mesmo, veja bem, eu somente demonstrei isso de forma clara e precisa. Alguém que afirma que existem somente PONTOS DE VISTA sobre um determinado assunto, NUNCA poderá afirmar que SEU 'ponto de vista' é o correto, e assim toda discussão entra num círculo interminável. Se a Verdade EXISTE, ela só pode ser ABSOLUTA, pois não há duas 'verdades' sobre um mesmo ser em um mesmo aspecto. Desenharei para que você compreenda:

    Através do princípio de não-contradição eu demonstrei que sua afirmação falsa em si mesma, de que forma? Quando alguém afirma que: “não existe verdade!”, pergunte a alguém se ISSO é verdade?!. Se alguém afirmar que: “toda verdade é relativa!”, questione se ESSA verdade é relativa?! e quando algum sofista sair com: “você não pode conhecer a verdade!”, pergunte então como ele sabe ISSO?! Essas afirmações relativistas contradizem a si mesmas.

    Não importa o que nos motive pela busca da Verdade, nem se é EU ou VOCÊ que estivermos nessa busca, simplesmente porque a Verdade não depende do ser cognoscente.

    O COMUNISMO matou 100 MILHÕES de pessoas em alguns poucos anos, enquanto que os números da Inquisição mal passam da casa dos milhares. E ela existe desde o séc. XIII. A Inquisição Espanhola foi autorizada pela bula “Exigit sincera devotionis” de Sixto IV e não pela que você informou, e a situação em Espanha era muito complicada para ser explicada por reducionismos. Havia um risco de guerra civil, pois os espanhóis não toleravam o poder e apostasia dos judeus ricos convertidos, que não simplesmente desapegavam-se de sua antiga crença como passavam a perseguir seus praticantes, fazendo com que, desde 1449, o povo buscasse retomar o poder, em Toledo, Córdoba e outras cidades. Era incomum, quase inconcebível, na época, uma sociedade religiosamente pluralista, cada grupo com sua crença, seus templos e seus cultos, todos convivendo harmonicamente em clima de liberdade e mútuo respeito. Isso só se tornou realmente viável há muito pouco tempo, na História da humanidade. Se quer falar em intolerância, lembre-se que em 1538, Lutero firmou sua aversão aos judeus com uma “Carta contra os Hebreus”, e seu ódio foi crescendo em seus sermões até que, em 1542, publicou o livro “Dos Judeus e suas Mentiras”, onde repete as tradicionais críticas a eles feitas. Aconselha a sua destruição e, assim, envenena contra esse povo, profundamente e por dilatado tempo, o campo protestante. W. Durant afirmou que o protestantismo foi mais anti-semita que o catolicismo oficial. E lembre-se que o Partido NACIONAL-SOCIALISTA, perseguiu o povo judeu um pleno séc. XX, com a afirmação de que não eram nem HUMANOS.

    Eric Hobsbawn - historiador comunista muito conhecido - conta-nos em sua 'Autobiografia', o que cantava com seus 'camaradas':

    “Vamos liquidar o amor / Vamos dizer daqui em diante que toda a nossa afeição /
    É somente para os trabalhadores / Vamos liquidar o amor / Até a revolução /
    Até esse momento o amor será / Uma coisa não bolchevique.”

    Paradoxalmente falar de intolerância na Idade Média é um contraste muito grande se compararmos o período com as idéias revolucionárias dos comunistas atuais.

    ResponderExcluir
  16. Gus,

    continuando...

    Por fim: você e eu não conhecemos a Opus Dei como gostaríamos, portanto é melhor que não falemos sobre o assunto. Minha intenção neste ponto foi apenas o de demonstrá-lo que é equivocado falar do que não se conhece bem. Eu até já li/ouvi comentários de pessoas que participam da Opus Dei, e posso te garantir que passam longe de ser considerados 'extremistas'.

    Agradeço pelos elogios, e espero que possamos aprender juntos. Tem vários textos de História Medieval no meu blog, particularmente esse é um tema que muito me agrada. Aliás, acho que estamos desvirtuando o tema proposto por aqui neste post do blog que é o Marxismo, e não Inquisição, rs.

    Att! ;)

    ResponderExcluir
  17. LF,

    Eu poderia deixar você debater sobre a Inquisição com o Gus, mas eu vou colocar algumas coisas aqui também.

    ResponderExcluir
  18. Luiz,

    Você que está vendo contradição...
    Quero destacar uma coisa que você disse, 'Se a Verdade EXISTE, ela só pode ser ABSOLUTA, pois não há duas 'verdades' sobre um mesmo ser em um mesmo aspecto' agora está tentando desvirtuar o que eu tinha dito, eu falei que haveria mais de uma verdade sobre o mesmo ser?
    Sobre seu principio de não-contradição, um exemplo: IsraelXPalestina, pergunte para um judeu quem tem razão, agora pergunte para um palestino, os dois estão certos?(Eu não quero discutir esse assunto)

    Vamos esclarecer, você está confundindo aquilo que eu acredito(meu ponto de vista), sobre uma verdade qualquer? 'simplesmente porque a Verdade não depende do ser cognoscente.', isso é falso em si, pelo mesmo exemplo acima, já que a verdade para os palestinos é que a terra santa é deles, a verdade não está dependendo do ser?

    Cara desenhar é legal, vc gosta de manga? hoje sai mais um de naruto to doido para ver.

    'O COMUNISMO matou 100 MILHÕES de pessoas em alguns poucos anos, enquanto que os números da Inquisição mal passam da casa dos milhares.'

    Você nem eu temos como confirmar esses números, e você está fazendo uma comparação sem nexo, quantos habitantes haviam no periodo da inquisição, quantos habitantes haviam no perido do seu comunismo? Não seja anacrônico e escreva dentro do contexto histórico.

    'A Inquisição Espanhola foi autorizada pela bula “Exigit sincera devotionis” de Sixto IV e não pela que você informou, e a situação em Espanha era muito complicada para ser explicada por reducionismos. Havia um risco de guerra civil, pois os espanhóis não toleravam o poder e apostasia dos judeus ricos convertidos, que não simplesmente desapegavam-se de sua antiga crença como passavam a perseguir seus praticantes, fazendo com que, desde 1449, o povo buscasse retomar o poder, em Toledo, Córdoba e outras cidades..'

    Seu eu quisesse falar sobre essa inquisição que rolou na espanha, eu teria falado! Estou falando dos milhares de negros expulsos, escravizados e trazídos para o brasil com aval do nicolau. E o que você falou foi baseado no que? sim complicado de certo modo, a história é complcadada!

    'Se quer falar em intolerância, lembre-se que em 1538, Lutero firmou sua aversão aos judeus com uma “Carta contra os Hebreus”, e seu ódio foi crescendo em seus sermões até que, em 1542, publicou o livro “Dos Judeus e suas Mentiras”, onde repete as tradicionais críticas a eles feitas. Aconselha a sua destruição e, assim, envenena contra esse povo, profundamente e por dilatado tempo, o campo protestante. W. Durant afirmou que o protestantismo foi mais anti-semita que o catolicismo oficial. E lembre-se que o Partido NACIONAL-SOCIALISTA, perseguiu o povo judeu um pleno séc. XX, com a afirmação de que não eram nem HUMANOS.'

    Eu odeio qualquer tipo de intolerância, seja no comunismo, religião, ou nos meus mangás, se eu gosto de naruto não quero ninguém me incomodando sobre isso, eu ainda não sei por que estou falando sobre o comunismo, ele foi mau implementado teve erros, discordo da intolerancia religiosa por parte deles, os estudos de marx realmente haviam falhas que podem ser reparados(religião), assim como o capitalismo é falho, vide africa e américas, e está muito longe da perfeição seja nos países de primeiro mundo. Eu não lembro se foi você ou junior que comentou que o terceiro mundo está assim por causa do comunismo, pfff eu nem vou comentar isso.

    "Eric Hobsbawn - historiador comunista muito conhecido - conta-nos em sua 'Autobiografia', o que cantava com seus 'camaradas':

    “Vamos liquidar o amor / Vamos dizer daqui em diante que toda a nossa afeição /
    É somente para os trabalhadores / Vamos liquidar o amor / Até a revolução /
    Até esse momento o amor será / Uma coisa não bolchevique.”

    ResponderExcluir
  19. Paradoxalmente falar de intolerância na Idade Média é um contraste muito grande se compararmos o período com as idéias revolucionárias dos comunistas atuais."

    Bla bla bla, você não está falando com um cara que não conhece o marxismo, novamente eu digo, eu odeio qualquer tipo de intolerancia...

    É claro que o contraste é muito grande, era só o que me faltava, você está sendo anacrônico novamente, eu nunca entrei numa aula de uma faculdade de história, alias qualquer área humana, eu estudo exatas! Querer fazer esse tipo de comparação qqr pessoa com bom senso daria risada!

    "Aliás, acho que estamos desvirtuando o tema proposto por aqui neste post do blog que é o Marxismo, e não Inquisição, rs."

    O tema foi desvirtuado mesmo, e parece que as idéias que coloquei na mesa também, rs
    Sim eu vou ler os textos, pois me agrada muito também se escrito de maneira coerente

    Eu não quero que a religião suma, não quero acabar com a fé longe disso alias eu queria o reavivamento da igreja, mas sendo coerentes ... o que eu quero que suma e ratifico são esses extremistas...

    Eu particulamente aprendo muito...

    ResponderExcluir
  20. LF,

    Fale da sua opinião sobre o texto do Papa, por favor.

    ResponderExcluir
  21. Gus.

    É engraçado vc querer falar de lógica nos argumentos, atribuindo a Germânia e a Irlanda do norte a Inquisição Católica. É como atribuir aos Ingleses a Colonização do Brasil.
    .
    Mas, enfim, sobre a Inquisição Católica: V não colocou no seu texto que a Inquisição Católica tratava apenas do Clero, no início, e que depois foi inserida no meio secular. Como que também não disse que era o poder secular quem aplicava as penas e que a Inquisição somente julgava.
    .
    Ah, claro, faltou alguns exemplos de como era antes da Inquisição o sistema penal da época.
    .
    Por exemplo, o réu tinha que transportar por certa distância uma barra de ferro incandescente com as mãos nuas. Após o trajeto enfaixavam-lhe as mãos e deixavam decorrer um certo número de dias. Passado o prazo, se as queimaduras houvessem desaparecidos o acusado era considerado inocente, mas se essas estivessem infeccionadas a sua culpa estava atestada. Outra maneira de saber da inocência era o teste da água. O acusado era obrigado a colocar seu braço em uma tina de água fervente. Normalmente esperavam que o acusado reconhecesse a própria culpa para dispensar o doloroso teste. Se o acusado insistisse em fazer o teste e fosse um nobre de alto nível, como um príncipe, este poderia indicar um servo para tal.
    .
    Isso deveria ser bem justo, né?
    .
    Graças à oposição da Igreja os Juízos de Deus, ou ordálios, como eram conhecidos foram declinando, até desaparecerem no século XIV.
    .
    Já que é para falar de contexto Histórico, vale lembrar que com a Inquisição foram criadas as prisões, as masmorras, e com isso as pesssoas começaram a pagar por crimes sem ter que ser amputados membros do seu corpo.
    .
    A Inquisição modernizou o sistema penal de tal forma que o mundo ocidental tem seu sistema penal baseado na Inquisição.
    .
    Muito longe do que vc disse no seu texto, a Inquisição nunca condenou ngm a pena de morte, e julgava os crimes seculares. Muito longe da tentatica frustrada de querer atribuir a Igreja o termo "Intransigente".
    .
    só para se ter uma Idéia, morreram mais pessoas com a revolução Francesa do que com a Inquisição em toda a sua História e contexto.

    Até mais.

    ResponderExcluir
  22. Desculpa, faltou colocar o seguinte " Nunca condenou ngm a pena de morte por questão de fé".
    .
    As sentenças de morte eram atribuídas a pessoas que já não eram "Rel Primário". A Inquisição Julgava, o poder secular executava a sentença.

    ResponderExcluir
  23. A pena temporal cabia ao Estado. Houveram , é claro, pessoas corrompidas que colaboraram com o Estado para que a centença fosse a morte ou o sequestro de bens (que eram o que muitos poderosos queriam), no entanto existiram muitos processoas justos(maioria). Era tão brando o tribunal da inquisição que muitos malfeitores atribuiam motivos religiosos aos seus delitos somente para serem julgados pela inquisição. Bastava negar a "heresia" que o réu era absolvido.

    ResponderExcluir
  24. Contudo, falamos de marxismo, socialismo e comunismo. Primeiramente devemos resaltar que o nazismo e o socialismo tem profundas semelhanças e partem do mesmo ponto de pensamento.
    Outro ponto também importante é notar que em todos os lugares onde o socialismo foi, é ou esta sendo implantado ele não deu certo, não melhorou a questão da desigualdede (que é sua bandeira) e tornou o Estado lascista e em extremos perseguidor da religião, principalmente cristianismo. Quando não inventou a sua própria religião e tornou-a obrigatória. O problema do socialismo é exatamente a obrigatoriedade que o regime exige e que nunca conseguirá. O socialismo ignora a individualidade, não respeitando a capacidade individual do der humano.

    ResponderExcluir
  25. Gus,

    "eu falei que haveria mais de uma verdade sobre o mesmo ser?"

    SIM! Você afirmou que não existe VERDADE o que existem são 'pontos de vista'. Vou te relembrar:

    "...mas você quer usar verdade absoluta? não exixte verdade absoluta, existem pontos de vista."

    Preservei até teu erro de português que deixa tua frase parecendo um 'miguxês'. Axxim, xabe?!

    Teu conhecimento de filosofia é sofrível, vou demonstrar:

    "Vamos esclarecer, você está confundindo aquilo que eu acredito(meu ponto de vista), sobre uma verdade qualquer? 'simplesmente porque a Verdade não depende do ser cognoscente.', isso é falso em si, pelo mesmo exemplo acima, já que a verdade para os palestinos é que a terra santa é deles, a verdade não está dependendo do ser?"

    Não é 'falso em si', meu caro. Já estudou são Tomás? Apenas repeti o que ele e Aristóteles já falavam, ou seja, coisas de quem ENTENDE do assunto. Veja que você confunde até mesmo o evento. 'A verdade para os Palestinos'... isso não existe. A Verdade é UNIVERSAL, é válida para Palestinos, Judeus, etc. Não existe 'verdade por conveniência'. Por exemplo, vou desenhar de novo: temos uma idéia de algo, se essa idéia corresponde a esse algo, temos a verdade sobre o objeto. Se as idéias de uma realidade fossem diferentes por depender do ser conhecedor, não se poderia ter certeza de que você escreveu um comentário em relação às minhas postagens. Aliás, sequer teria certeza se você escreveu em um computador. Se cada um tivesse 'pontos de vista' sobre uma realidade, sem haver certeza que os outros tivessem a mesma idéia, simplesmente viveríamos num hospício. Pense em dois jogadores de futebol num jogo qualquer. Se a realidade do jogo dependesse de cada jogador nenhum poderia ter certeza de que existiria o jogo e nem de que o outro existiria.

    "IsraelXPalestina, pergunte para um judeu quem tem razão, agora pergunte para um palestino, os dois estão certos?(Eu não quero discutir esse assunto)"

    Se você não quer discutir sobre o assunto não faça pergunta. Pra que vou te responder se já de cara você afirma que não quer 'discutir esse assunto'?

    Voltando ao comunismo: em um ano a URSS matou 7 milhões de ucranianos de fome, veja THE SOVIET STORY, leia os textos, palestras e assista aos vídeos de Yuri Besmenov, leia 'O livro negro do Comunismo' - é neste que se encontram números.

    Quem começou com comparações foi você, o que fiz foi te colocar na mesma situação com analogia semelhante pra ver se você agia da mesma forma, coisa que não aconteceu. Na hora de falar da Inquisição vale tudo, na hora de falar de comunismo tem que ser gentil. Você se contradiz a cada postagem, teus conhecimentos de lógica são insignificantes.

    ResponderExcluir
  26. Continuando...

    E aliás... que tem haver os negros agora?! Você está falando de COMUNISMO, de repente fala de IDADE MÉDIA, de uma hora pra outra começa a falar de INQUISIÇÃO ESPANHOLA e agora quer falar de ESCRAVIZAÇÃO?! Isso se chama ESQUIZOFRENIA, amigo. Da próxima vez escolha um assunto para aprofundar, não é difícil.

    "Eu não lembro se foi você ou junior que comentou que o terceiro mundo está assim por causa do comunismo, pfff eu nem vou comentar isso."

    Foi o Junior.

    Por fim, repare que todos você responde: "você não conhece marxismo, etc"; já havia sido assim com o Junior. Só pra constar: conheço a New Left, conheço a 'Escola de Frankfurt', sei que Marx ERROU em TODAS as previsões que fez, já li o antisetimismo nojento de Engels, to até a tampa de tanto ouvir falar em 'Escola das Annales' - que não deixa de ser uma vertente do marxismo - na universidade, e até já li aquele imbecil do Foucault que fala tanta bobagem que nem os professores entendem. Eu citei até historiador marxista nesse tópico e você nem deve ter notado.

    Quando comparo o comunismo com a Inquisição, eis o que leio: "Querer fazer esse tipo de comparação qqr pessoa com bom senso daria risada!"

    Fale isso pra Michael Baigent e Richard Leigh. Sim, esses dois idiotas compararam a Inquisição com o Nazismo. O post do pessoal do Apostolado Shema falava de MARXISMO e quem começou a falar de Idade Média foi você, então posso tirar a conclusão lógica de que você ri de si mesmo e de suas contradições.

    "Eu não quero que a religião suma, não quero acabar com a fé longe disso alias eu queria o reavivamento da igreja, mas sendo coerentes ... o que eu quero que suma e ratifico são esses extremistas..."

    Concluo que você não é marxista, pois se há algo que essa corrente ideológica defende é o fim da religião. Não é a toa que a Igreja é contra o comunismo.

    Att!

    Ps: não comentarei mais sobre Inquisição ou Idade Média por aqui. Há outros posts nesse mesmo blog onde isso pode ser feito.

    ResponderExcluir
  27. aff
    negocio de religiao nao concordo nada
    ai é foda...

    mané adoraçao o mais importante...

    ResponderExcluir
  28. Olá, Junior Pereira!

    Já que o nazismo foi citado no post, é interessante ler o que Hitler pensava do Cristianismo:

    Do "Hitler Table Talk":
    4th October, 1941, midday:

    "The best thing is to let Christianity die a natural death…. When understanding of the universe has become widespread… Christian doctrine will be convicted of absurdity…. Christianity has reached the peak of absurdity…. And that’s why someday its structure will collapse…. …the only way to get rid of Christianity is to allow it to die little by little…. Christianity the liar…. We’ll see to it that the Churches cannot spread abroad teachings in conflict with the interests of the State"

    Att!

    ResponderExcluir
  29. Então continue se preocupando com meu "amiguxes" ou um teclado está quebrado, ah sei lá tanto faz, vc ainda continua confundindo do que eu acredito com ou que acho verdade, não me importo ainda...

    E eu também acho que não conheço nada de filosofia mesmo, vc deve ser fera né?

    Eu não quero discutir os 'por ques' quem tem razão ou não, pois isso não cabe a nós...

    Entrar no blog dos outros afirmando odiar o comunismo sem os autores serem comunistas, falar que os autores não tem conhecimento nenhum de idade média, ele tava pensando que era quem para fazer isso? agora vem falar que fui quem começou comparações, nem de inicio estava no debate, pra saber quem começou o que, então comente aquilo que o condiz...

    Ezquizofrênia é não saber contextualizar, se não entendeu, quando falei que o papa nicolau , autorizou a escravidão é problema seu...

    Falo novamente, vc não conhece nada sobre o marxismo...'MARX errou em todos previsões'...pfff

    e eu? viva o MacDonalds!

    Novamente não fui em que entrou em outro blog já com pré-julgamentos, falando que odiava o comunismo e que os autores não conheciam nada de história medieval, sendo que meu texto estava falando que o extremismo existia, não só no mundo muçulmano mas em outras religiões....

    Vc sabe o que é ser anacrônico?

    Sua conclusão está certa, não sou marxista, alias eu não sei por que vcs achavam que eu era, eu não sigo uma 'corrente ideológica' mas tem algumas coisas no trabalho de Marx, que podem ser usadas para uma sociedade melhor, essa idéia de visão de lucro eu não gosto... eu gosto um pouco mais de visão no aspecto social.

    Ah sem problema de não comentar aqui, mas também não ia dar em nada mesmo rsrs

    T+ Luiz

    Junior,

    Eu só escrevi um texto 'básico' sobre o por que de não gostar de extremismo seja por qual lado for, catolicismo, islamismo, busdismo e varios ismos...

    Cabia a vc, fazer um comentário sobre isso, "Ah caro Gus, esqueceu de comentar sobre secularismo por que...' e não vir com todos aqueles pré-julgamentos. Por isso eu já vim fumaçando.

    Sobre a germania e irlanda, eu falei que foi amplamente distribuido aquele livro, mas se entendeu de uma outra maneira...mas de certo sou ser humano e erro tbm...

    Eu ainda enfatizo, não tiro o crédito da igreja por algumas coisas, só não gosto de extremismos.

    Leonardo,

    Então, o que deveriamos fazer, varios estudos foram feitos seja no capitalismo e no comunismo, e nenhum dos dois é perfeito, o que pode ser feito são outros estudos para tentar sanar esses defeitos, em todos aspectos, social, lucro, individual, religioso, somos capazes disso, e de pouco em pouco estamos transformando o mundo em que vivemos, eu vejo isso com bons olhos, e como somos amantes de história estamos em constante aprendizado, que os erros do passado não venham a aparecer no futuro.

    T+ Galera

    ResponderExcluir
  30. Gus

    "Entrar no blog dos outros afirmando odiar o comunismo sem os autores serem comunistas, falar que os autores não tem conhecimento nenhum de idade média, ele tava pensando que era quem para fazer isso? agora vem falar que fui quem começou comparações, nem de inicio estava no debate, pra saber quem começou o que, então comente aquilo que o condiz..."
    .
    Eu entrei no seu blog, e disse que odeio o comunismo = verdade.
    .
    Afirmei que quem escreveu o texto não tinha muita noção de Idade Média = Verdade. (o Luis que o diga).
    .
    Acredite, vc poderia colocar como exemplo de exrtemismo tantas outras coisas como os Judeus que cortam o Clitórix da mulher para que ela não sinta prazer no sexo. Ou falar do Xamanismo que usa Drogas Ilícitas como método de Consagração. Falar dos Mórmons que possuem alguns dissindentes que são Poligâmicos e que são submissos a um profeta que pode separar juntar famílias diferentes com a "permissão" de Deus. Agora, Inquisição?
    .
    Ja me desculpei sobre ter dito que vc era comunista, nem seu blog é. Creio ter atingido meu objetivo. Argumentamos sobre a Inquisição, e creio que vc não irá mais atribuir a queima das Bruxas em praças públicas a Igreja Católica, e também, não vai mais colocar a Igreja como símbolo de regressão cultural, opressão da liberdade de Fé, e regressão tecnológica.
    .
    Como o Luis disse, a Inquisição no mundo medieval não pode ser tratada em apenas 2parágrafos. Tanto que aqui no Blog, os textos da Inquisição Católica foi dividido em duas partes e ainda assim poderia ter sido mais extenso. No seu texto vc coloca a Inquisição no mesmo patamar que os Islâmicos. A Inquisição julgava crimes seculares da forma mais justa que o mundo pré-moderno ja tinha visto. Os Islâmicos pregam matar e morrer por Deus em pleno Século XXI.
    .
    Ainda sobre o terceiro mundo, agora falo como um estudante da área econômica que sou, é mantido na pobreza por companhias de outros países, cmo por exemplo a Cia Francesa, que bancam financeiramente movimentos como o MST e seus dissindentes nos países da América Latina, para deixar os Países presos ao Marxismo e assim, acabam impedindo que eles se desenvolvam. Marx é um fracassado, economicamente falando, argumentou sobre a destruição da pobreza partindo do mesmo ponto que faz ela existir: o conflito. Ele nem se quer argumentou coerentemente de como fazer para se acumular riquezas sem a tal da "Mais valia".
    .
    No mais, vou continuar visitando seu blog. Até a Próxima visita.

    ResponderExcluir
  31. Luiz Fernando,

    "não tenha dúvidas que os ditadores comunistas deixam qualquer inquisidor parecendo um amador nesta questão."

    "O COMUNISMO matou 100 MILHÕES de pessoas em alguns poucos anos, enquanto que os números da Inquisição mal passam da casa dos milhares."

    Cara, só um detalhe importante, assassino é assassino. Não importa se uma pessoa matou 1 ou 1 milhão de pessoas, o crime esta consumado. Não tente abster a inquisição por isso.
    A inquisição certamente não tinha meios para matar mais, senão teria feito concerteza.

    ResponderExcluir
  32. Já sou um seguidor deste blog.

    Eu postei um novo texto, SABER ESPERAR.

    Espero que ao lerem, gostem.

    Pax et Crux,
    Graziano Costa

    ResponderExcluir
  33. Cara sempre achei seu blog muito interesante!!!!!
    Parabéns!!!


    E é muito bonido esse texto gostei muito vou até seguir =)

    ResponderExcluir
  34. Junior Pereira,

    "Ainda sobre o terceiro mundo, agora falo como um estudante da área econômica que sou, é mantido na pobreza por companhias de outros países, cmo por exemplo a Cia Francesa, que bancam financeiramente movimentos como o MST e seus dissindentes nos países da América Latina, para deixar os Países presos ao Marxismo e assim, acabam impedindo que eles se desenvolvam. Marx é um fracassado, economicamente falando, argumentou sobre a destruição da pobreza partindo do mesmo ponto que faz ela existir: o conflito. Ele nem se quer argumentou coerentemente de como fazer para se acumular riquezas sem a tal da "Mais valia"."

    Isso que tu ta dizendo esta mais para desculpa para justificar as imcompetencias do capitalismo.
    Você pega um movimento, recente diga-se de passagem, para justificar a pobreza e o amarramento do Brasil ao status de terceiro mundo. E os demais paises pobres? Quais seriam os movimentos responsaveis?
    O Lula foi o primeiro presidente de "esquerda" a chegar ao poder no Brasil, antes dele só intelectuais de direita, aquela turminha que a elite intelectual adora! Por que o Brasil continuou na mesma?
    Você trocou as companhias estrangeiras responsáveis pela pobreza nos paises do Terceiro Mundo, são outras na verdade mais conhecidas como multinacionais.


    Cara, o capitalismo é totalmente incapaz de acabar com as desigualdades que ele mesmo criou. Não tente disfarçar isso. Quem mantém o Terceiro Mundo onde está é a elite capitalista (paises ricos) porque precisa dele assim mesmo, população e governos subservientes, mão de obra barata, clientes ao fundos internacionais como FMI e Banco Mundial (essa divida externa demora acabar não é mesmo).


    Nesta ultima crise os EUA conseguiram algo em torno de 400 Bilhões para combater a crise. De onde tu acha que vem essa grana toda?
    Assim da para entender porque as dividas externas não são perdoadas.

    ResponderExcluir
  35. É, pelo jeito a coisa tá pegando fogo aí em cima.

    Há muito que abandonei a discussão que une Igreja e política, porém, não me afasto. Já deixei claro meu ateísmo, mas respeito quem tem religião.

    No caso entre Igreja e marxismo, é evidente que esta ideologia queria destruir qualquer forma de credo, por outro lado, o papa Bento XVI erra em querer reviver discussões que ainda não terminaram, é claro, mas jamais se chegará a uma conclusão. Nõ podemos viver sem Deus, ótimo, é sua opinião, mas acredito que há outros tanto milhões de pessoas que são contrária a tese, acreditando no mesmo Deus, ou em nenhum Deus, ou em outro Deus.

    É preciso parar, não desistir de uma fé, de criar animosidades, e o noso papa parece mesmo querer guerra e levantar contra si mesmo a antiga acusação de negligência do Vaticano na Segunda Guerra Mundial, exatamente por causa do marxismo.

    Obrigado por sua visita no temporário, Junior.

    Abraços!

    http://tempo-horario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  36. Estou acompanhando o debate em off... Me interesso muito sobre o tema...

    ResponderExcluir
  37. Bruno

    Acho que estava falando do Papa Pio XII na questão dos Judeus, certo? Ou então deve estar falando de Bento XIV, na questão da primeira GM.

    Existe muitas falácias por ai a respeito desses dois Servos de Deus.

    Pio XII salvou tantos Judeus e hoje é tido como traidor. É difícil entender.
    .
    Sobre sua opinião no que se diz respeito do texto do Papa, ele afirma que tudo o que é bom vem de Deus, o que não significa que só é bom quem crê em Deus de modo explícito. Um ateu que cumpre a lei natural, está guiado pelo influxo da graça, mesmo de forma implícita.
    .
    Então, em tese, o Papa não se refere a crença, mas ao ideal das pessoas. As pessoas que estão na chamada Ignorância Invencível, ou Ignorância sem Culpa, se salvam, mesmo sem estar ordinariamente na Igreja Católica. Então, deve-se ter como base uma questão Teológica para se ter uma compreenção do que o Papa quis dizer no texto.

    Obrigado pela sua visita ao Shemá.

    ResponderExcluir
  38. Comentando sobre Marxismo agora!

    Gus disse sobre mim: “Falo novamente, vc não conhece nada sobre o marxismo...'MARX errou em todos previsões'...pfff”

    Ok, não entendo nada meu jovem, afirmo coisas que não sei, portanto, vou deixar o Dr. Ricardo Costa falar, talvez ele saiba mais que eu :D
    Leia com atenção um trechinho de “Para que serve a História? Para nada...”

    Darei um exemplo muito simples e conhecido para provar isso: o próprio Marx (1818-1883), talvez o pensador mais querido nos círculos de historiadores em nosso país! Acreditando ter descoberto a chave para o processo histórico, o famoso materialismo histórico e sua “luta de classes” como “motor”, ele percebeu o seguinte: o progresso material estava aumentando a pobreza, e cada vez mais pessoas trabalhavam para um número cada vez menor de capitalistas.

    Em uma famosa passagem do Manifesto comunista (1848), ele faz essa dicotomia social: “A sociedade divide-se cada vez mais em dois vastos campos inimigos, em duas grandes classes diametralmente opostas: a burguesia e o proletariado” (Marx & Engels).

    Em uma carta escrita a Weydemeyer (1818–1866) datada do dia 05 de março de 1852, Marx é ainda mais claro:

    Não me cabe o mérito de ter descoberto nem a existência das classes na sociedade moderna, nem a luta de classes entre si (...) O que fiz de novo foi:

    1) demonstrar que a existência das classes só está ligada a fases de determinado desenvolvimento histórico da produção;

    2) que a luta de classes CONDUZ NECESSARIAMENTE à ditadura do proletariado e

    3) que essa ditadura constitui apenas a transição para a abolição de todas as classes.
    (o grifo é meu) (em Karl Marx, F. Engels, Études Philosophiques, Paris, Éd. Sociales, 1951, p. 125).

    Na Ideologia Alemã (1845-1846), Marx chega a ser idílico ao pintar a sociedade comunista futura: “...na sociedade comunista, onde cada um não tem atividade exclusiva, mas pode aperfeiçoar-se no ramo que lhe apraz, a sociedade regula a produção geral, dando-me assim a possibilidade de hoje fazer tal coisa, amanhã outra, caçar pela manhã, pescar à tarde, criar animais ao anoitecer, criticar após o jantar, segundo meu desejo, sem jamais tornar-me caçador, pescador, pastor ou crítico” (MARX e ENGELS, 1986: 47).

    ResponderExcluir
  39. Para se chegar a esse paraíso terrenal, Marx previu que inexoravelmente (ou, como dizem, “em última instância”, verborragia engeliana horrível, mas adorada e utilizada pelos marxistas tupiniquins) o sistema capitalista entraria em colapso, pois a consciência da classe operária aumentaria proporcionalmente à industrialização e ao aumento do número de proletários, fazendo com que eles se “libertassem de seus grilhões”. Bastava acelerar esse processo, e essa era a função da revolução, revolução que logicamente aconteceria no país mais industrializado, no país com maior número de proletários conscientes de sua condição vil, conseqüentemente no país com a consciência de classe mais desenvolvida.

    Um mais um igual a dois. Bingo! Eureka! A fórmula, uma perfeita equação matemática aplicada às sociedades humanas, estava fadada a acontecer. Era o curso inexorável da História, o “trem”, o “bonde” da História. Os fatos apresentados por Marx estavam corretos e seu pensamento também era lógico. Portanto, ele estava certo, aquilo iria acontecer (veja, especialmente, o “Prefácio” à Contribuição à crítica da economia política, de 1859).

    Certo? Não! Curiosamente, apesar de suas premissas lógicas, ele errou em tudo que previu: a classe dos operários (e dos trabalhadores em geral) teve suas condições lentamente melhoradas, não pioradas; o número de operários das fábricas diminuiu em relação ao conjunto da sociedade (e hoje ainda continua diminuindo); o capitalismo não entrou em colapso, pelo contrário, desenvolveu-se cada vez mais (quem entrou em colapso foi o socialismo real dos países comunistas, com as massas saindo às ruas pedindo o fim dos regimes!!). E a revolução aconteceu justamente no país mais atrasado industrialmente, não no mais desenvolvido, contrariando TOTALMENTE as suas previsões!

    Para piorar ainda mais a (im)previsibilidade marxista, a idéia que o Estado desapareceria após a revolução, que esta seria uma etapa para o futuro e maravilhoso comunismo, foi também inteiramente desmentida pelos fatos: o estado socialista cresceu, cresceu, cresceu tanto que abarcou toda a vida social, transformando-se em um monstro controlador e devorador de gentes (primeiro dos próprios revolucionários), com seus campos de concentração (os Gulags) de trabalho escravo e sua macabra matemática de milhões e milhões de mortos – muito maior que o Holocausto nazista (APPLEBAUM, 2004).

    Marx errou em todas as suas previsões simplesmente porque a História não é uma equação matemática, e os homens possuem um grau de imprevisibilidade tão grande que muitas vezes tomam decisões que contrariam a lógica. “A História, ignorando Marx, seguiu a sua própria lógica misteriosa e o seu próprio caminho” (TUCHMANN, 1991: 194). Ademais, não se estuda História, como disse, para se prever o futuro: o próprio leitmotiv do materialismo histórico é, portanto, anti-histórico por excelência.

    ____

    Aprendeu Gus?! ;)

    Fique com Aquele que É e até!
    Att!

    ResponderExcluir
  40. hum... o teu blog foca muito nessa parte religiosa interessante legal msm

    ResponderExcluir
  41. Gus,
    Perfeito nenhum sistema será. Construido por homens, que têm a assinatura da imperfeição, é fácil perceber que não existirá sistema perfeito. Porém as imperfeições so sistema socialista beiram o insano. O resultado histórico da maioria (se não todos) dos países comunistas foram genocídios, totalitarismo, ditadura e represão justamente aos mais pobres, trazendo miséria, peseguição e retrocesso.

    ResponderExcluir
  42. Spertnez
    "Cara, só um detalhe importante, assassino é assassino. Não importa se uma pessoa matou 1 ou 1 milhão de pessoas, o crime esta consumado."

    Isso sim é desculpa e descontextualização do assunto. A condenação a morte (que existe até hoje) era uma prática comum na época. A inquisição teve o objetivo de frear as mortes que o estado já administrava aos réus, oferecendo-lhes uma defesa mais humana.

    "O Lula foi o primeiro presidente de "esquerda" a chegar ao poder no Brasil, antes dele só intelectuais de direita, aquela turminha que a elite intelectual adora! Por que o Brasil continuou na mesma?"

    Se tivesse um olhar mais crítico para a política nacional veria que não existe, a muito tempo, uma verdadeira direita no brasil. A maioria dos partidos tem ideias esquerdistas (chego a arriscar todos). Quanto aos intelectuais, lembro que a maioria dos líderes terroristas do oriente médio tem formação académica nas maiores faculdades (socialistas) norte-americanas. Esse é o caso do Ozama Bin Laden.

    ResponderExcluir
  43. sou seguidor de minhas próprias filosofias...

    ResponderExcluir
  44. hahahahaha
    qe medo do seu comentário no orkut Oo
    iasuasuisauiasuiusiaas


    parabéns pelo blog
    beijos

    ResponderExcluir
  45. hum... parece ser muito religioso , vo comentar nada o texto pq eu nao sou muito religioso
    mas ta de parabens pelo blog^^

    ResponderExcluir
  46. Prefiro me abster de comentar sobre religião...
    de qualquer forma tudo o que o homem bota a mão passa a ser por mim questionável, inclusive a própria religião.

    ResponderExcluir
  47. Nossa, só comentam textos aqui!
    Como eu não sou rotineira...
    Vou ser breve!
    Gostei do blog, bem tri!
    To te seguindo, me segue tbm
    ;D

    http://www.alinepaim.com

    ResponderExcluir
  48. Leonardo Campos,

    "Isso sim é desculpa e descontextualização do assunto. A condenação a morte (que existe até hoje) era uma prática comum na época. A inquisição teve o objetivo de frear as mortes que o estado já administrava aos réus, oferecendo-lhes uma defesa mais humana."

    Rapaz, o Luiz Fernando vem se vangloriar que a inquisição matou menos que o comunismo e tu vem falar de descontextualização? Qual o problema em admitir os crimes da inquisição? Ou será melhor esconder isso? Nossa, depois dessa parei...

    "Se tivesse um olhar mais crítico para a política nacional veria que não existe, a muito tempo, uma verdadeira direita no brasil. A maioria dos partidos tem ideias esquerdistas (chego a arriscar todos). Quanto aos intelectuais, lembro que a maioria dos líderes terroristas do oriente médio tem formação académica nas maiores faculdades (socialistas) norte-americanas. Esse é o caso do Ozama Bin Laden."

    Ah sim, deixe me ver a ditadura que exterminava até cheiro de esquerdistas não deve ter sido um governo de extrema direita não é mesmo?
    Mesmo depois dela os demais governos, Sarney, Collor, FHC continuaram seguindo a risca as cartilhas do FMI se não fizessem não tinha verba. Mesmo o Lula continua trilhando o mesmo caminho.


    Quanto aos líderes terroristas vou falar do querido Osama Bin Laden citado pelo Sr. Engraçado que na época da invasão soviética o mesmo foi treinado e armado pela CIA (não sabia que era uma universidade socialista estadunidense) para combater os malvados comunistas que haviam invadido o Afeganistão.
    Depois de um tempo Osama se rebela contra os EUA, mais precisamente depois da 1º Guerra do Golfo quando ele ve o poder da máquina de guerra dos defensores do mundo livre agindo contra seus irmãos do Iraque. Engraçado ver que a universidade "socialista" dos EUA formou um Terrorista para lutar contra os socialistas russos. Cada coisa não...

    ResponderExcluir
  49. Spertnez,

    Ao que parece você não é muito 'esperto'. Não me 'vangloriei' de que a Inquisição 'matou' (sic!) menos que o Comunismo, deixe de ser imbecil. Por esse motivo que eu parei de falar com aquele Gus, porque não suporto seres com raciocínio filosófico da profundidade de um pires e conhecimento histórico nulo procurando falar do que não sabem. O Gus misturou um monte de coisa na argumentação, tanto que se perdeu, e o que eu fiz foi me utilizar de um reductio ad absurdum para ele se tocar que ou ele escolhe um assunto e fala sobre ele, ou então cala a boca de uma vez, pois é ridículo querer falar de História Medieval ao mesmo que se fala de Marxismo e Comunismo e outras coisas concomitantemente. Por isso mesmo falei a ele que não comentaria mais sobre Inquisição num post que é sobre Marxismo pra não misturar mais do que ele já tava fazendo. Você como não percebeu veio se intrometer na conversa, por isso não te dei atenção no comentário que dirigiu a mim. E agora que postei uma análise de um doutor em História sobre essa merda que é o Marxismo, você me volta com esse papo de Inquisição. PQP! Ou você entende do que tá comentando, ou então no lugar de postar tua opinião inútil aqui, faça o seguinte: abra o bloco de notas, escreva tudo que você quiser lá, salve num pen drive e faça do pen drive um supositório de opinião. Simples!

    Att!

    ResponderExcluir
  50. Spertnez

    O que tem haver a luta de osama com ele ter estudado em escolas socialistas?

    Ele simplesmente tirou o que quis do que estudou. Procure a biografia dele e verá que profundas relações mantia com os EUA e onde teve sua formação acadêmica.
    Lembre-se que o resumo do socialismo é a luta de classes, onde um (que se diz oprimido) luta contra outro (que é o opressor).

    Quanto as crimes da inquisição, ele existiram, mas não só aconteceram crimes ou eles foram maioria como você, mesquinhamente, faz parecer.

    O que o Luiz quis dizer é que a Igreja é acusada e condenada pelos erros (verídicos e inverídicos) da inquisição, no entanto muitos, como você (os mesmo que acusam a Igreja por mortes, muitas fabulosas como a de Galilleu) defedem com unhas e dentes um sistema que cometeu genocídios extraordinários, manchando o mundo de sangue.

    Isso sim é estranho.

    ResponderExcluir
  51. Luiz Fernando,

    me intrometi na conversa? Acho que foi você se não percebeu...esta discussão já vem de outro blog se tu não sabe. Enfim...
    Já vi que discussões de alto nível não é muito a tua área. Perde a linha fácil e ja vai agredindo. Em algum momento te agredi com palavras?
    Sem mais...

    ResponderExcluir
  52. Leonardo Campos,

    "O que tem haver a luta de osama com ele ter estudado em escolas socialistas?"

    O que quero dizer é que essa "escolaridade socialista" obtida nos EUA não quer dizer nada. Falo isso pelo seu exemplo dos partidos de direita no Brasil que tem ideias esquerdistas.

    "Quanto as crimes da inquisição, ele existiram, mas não só aconteceram crimes ou eles foram maioria como você, mesquinhamente, faz parecer."

    Rapaz, o problema não é ser mesquinho, é simplesmente assumir o que houve. Aliás, coisa que acabou de fazer.

    No mais, não tenho problema em debater e também não vou descer meu nível e te chamar de intrometido na conversa quando respondeu uma questão que levantei a outro integrante. Debates fazem parte, visões diferentes também.

    até.

    ResponderExcluir
  53. Spertnez

    Como eu poderia não admitir que houveram extremos na inquisição quando o próprio lider da minha religião o fez?
    O que alerto é que muitas pessoas (assim como você fez) fazem parecer que a inquisição toda foi um problema e um assassinato sem controle, quando basicamente a Igreja forneceu defesa digna a quem outrora seria sumariamente morto pelo Estado. Colocam a inquisição Espanhola (regida pelo monarquia espanhola) como o exemplo da inquisição católica. isso sim é um erro.
    Quanto aos meus exemplos da direita, vale lembrar que a maioria hoje na direita também foram refugiados da ditadura, logo percebemos que mesmo os que hoje são direita já foram esquerda e viveram dentro dela, e mesmo o governo militar não era direitista.

    ResponderExcluir
  54. Spertnez
    .
    Exageros da Inquisição? Meu, vc só sabe falar isso, "A Inquisição matava", por que não coloca que a Inquisição julgava as pessoas, e que a Inquisição era o sistema penal mais brando que já tinha existido até então, por que vc não coloca que ela julgava crimes civís, por que, por que?
    .
    O Gus veio aqui querendo falar da inquisição do jeito dele, mas pelomenos adimitiu, teve humildade, soube reconhecer que lhe falta conhecimento e argumentos. Agora vc ainda consegue chegar ao nível de simplesmente querer dizer que a Inquisição matava, a Igreja é uma assassina, e acha que vai conseguir ganhar no grito?
    .
    A Inquisição é complexa demais para ser tratada em simples 2 duas linhas. O Gus colocou citações, e ainda argumentou sobre Torquemada, mas e vc, o que vc fez até então?
    .
    Depois da última resposta sobre o marxismo, o Gus não voltou, e claro, vc nem comentou nada. Por que vc não faz o mesmo? Ta ficando feio ver suas tentativas frustradas e infundadas de querer fazer a Inquisição um mal.

    .
    Até mais.

    ResponderExcluir
  55. Luiz,
    Ah sim eu falo novamente, você não conhece nada sobre o marxismo...e você tbm não sabe a diferença tênue entre informação e conhecimento, ou seja informação você tem, já conhecimento ... nem isso conseguiu perceber. Ahh percebi que o seu CTRL-C e CTRL-V funciona perfeitamente, parabéns.

    Mas já que gosta tanto...

    “Marx é hoje apenas um entre os numerosos precursores, fundadores e continuadores do movimento socialista da classe operária. Não menos importantes são os chamados socialistas utópicos desde Tomás Moore até ao presente. Não menos importantes são os grandes rivais de Marx, como Blanqui, e os seus inimigos irredutíveis, como Proudhon e Bakunin. Não menos importantes, no resultado final, são os mais recentes desenvolvimentos, tais como o revisionismo alemão, o sindicalismo francês ou o bolchevismo russo. “
    Karl Korsch

    O movimento operário tem seus 'continuadores', idéias de anos atrás foram e vão ser sempre revistas, marx só deu inicio ao movimento, e é um movimento continuo. Dar um CTRL-C CTRL-V não o torna intelectual ;)

    Junior,
    “mas pelo menos adimitiu, teve humildade, soube reconhecer que lhe falta conhecimento e argumentos.”

    Quando isso aconteceu? Só ratifiquei minha posição.. se não percebeu ... Vc ainda quer diminuir a culpa da igreja...onde ela tem culpa sim, mas não só ela como tantas outras religiões..., mas pra que debater mais? Eu não vou mudar minha posição e você também...
    Mas eu reconheço que vcs ainda não tem conhecimento algum... até pode ter informação, mas informação mau utilizada, parcial, cheio de achismos...

    PS: Eu não sei argumentar? você tem certeza? eu falei que o Luiz era um pouco melhor(pelo menos antes de perder a linha), mas você só rindo mesmo... Não sabe se foi no meu blog mandado ou coisa que o valha, acha que a culpa do terceiro mundo estar assim é por causa do comunismo kkk, só rindo mesmo.(troféu joinha pra vc)


    Junior,
    Depois da última resposta sobre o marxismo, o Gus não voltou,

    Por que eu vi que eu não iria agregar conhecimento algum(como ocorreu), como de fato esse é meu último coments, pra que ficar batendo na mesma tecla não?

    ResponderExcluir
  56. Junior Pereira,

    relaxa rapaz, não quero fazer a inquisição de mal não nem ganhar no grito, afinal em um debate desse ninguém vai mudar nada! Só estava sem entender porque vocês não admitiam que a inquisição havia matado e tentando disfarçar isso comparando os crimes da mesma com os do Marxismo, como se isso diminuisse o peso de certa forma.
    Mas, já vi que reconhecem os exageros da inquisição, no mais não tenho mais nada a falar sobre ela.

    Acho toda religião importante, ela ajuda a educar, instruir as pessoas, recuperar no bom sentido. Mas, há excessos e não vejo uma melhor que a outra.

    No mais, gostei do debate, tirando alguns exaltados que entram com pose e eloquência, mas não demoram muito para rodar a baiana.

    Até.

    ResponderExcluir
  57. Só mais uma coisa,

    "Depois da última resposta sobre o marxismo, o Gus não voltou, e claro, vc nem comentou nada. Por que vc não faz o mesmo? Ta ficando feio ver suas tentativas frustradas e infundadas de querer fazer a Inquisição um mal."

    Quanto a isso poderia te dizer que você não respondeu minha ultima resposta la no blog gustasou , mas não vou te cobrar isso, então por que se acha no direito de vir me cobrar aqui?


    Mais uma vez, não quero fazer a Inquisição um mal, mas como disse o Leonardo Campos "Como eu poderia não admitir que houveram extremos na inquisição quando o próprio lider da minha religião o fez?"

    Sem mais.

    Até

    ResponderExcluir
  58. Spertnez

    Que nada, apenas desci ao seu nível - apesar de não gostar muito disso - para que você entendesse. Não creio ser necessário escrever prolixamente, por vezes comentando raciocínios estocásticos que não me acrescentam absolutamente nada, pois se constitui num monólogo infrutífero. Não te 'agredi', oh ente sensível(!), apenas estava testando um método proposto por Nietzsche para ver qual seria sua reação. No mais, teu comentário é irrelevante, e por gentileza não macule meu santo nome inserindo-o em seus comentários idiotas. Grato!

    ResponderExcluir
  59. Gus,
    você constitui um ente muito interessante para um estudo aprofundado de psicologia analítica. Tua irracionalidade espanta, tua burrice manifesta chega a ser pedante.

    Eu havia escrito lá atrás que Marx havia ERRADO em TODAS as 'previsões' que fez. Você no lugar de entender o que eu estava falando - e já deveria saber sobre isso - ou então me refutar apenas disse: “Falo novamente, vc não conhece nada sobre o marxismo...'MARX errou em todos previsões'...pfff”

    Para SUSTENTAR o que eu havia escrito contextualizadamente, citei um Historiador de relevo aqui no Brasil que analisou as obras de Marx e CALOU A TUA BOCA em dizer que 'não conheço nada de História'. Afinal se eu não conheço, nem o Dr. Ricardo Costa conhece.

    Você no lugar de RESPONDER ao COMENTÁRIO, veio me acusar de 'copiar e colar'. Historiadores trabalham com fontes, ou acha que eu acredito que a História nasceu comigo? Só uma mente torpe, como a sua para raciocinar dessa forma.

    Portanto, se quer debater sobre Marx escolha se quer falar de dialética Marxista, das previsões errôneas de Marx, da religião de Marx, sobre o HOLOCAUSTO REVOLUCIONÁRIO que o 'pacífico' Marx falava.

    Ademais, sua citação TOTALMENTE INÚTIL de Karl Korsch não interferiu em NADA a discussão. Enquanto a minha citação versa sobre algum assunto, e demonstra que Marx errou tua citação é irrelevante.

    Nem para citar alguém você presta.

    ResponderExcluir
  60. Continuando...

    Perceba como no teu raciocínio, você está praticamente chutando Marx pra escanteio. Claro, Marx sendo refutado precisamos encontrar alguém mais para defender as teses já propostas. Jean-François Revel notou isso. O século passado passou por uma revisão intensa das idéias esquerdistas. É como um BOTOX ideológico pra apagar erros do passado para que assim pudessem ser apresentados como NOVIDADES incríveis, que na verdade só repetem as mesmas propostas esquerdistas de SEMPRE. A partir daí, surgiram vários eufemismos como "democracia popular", "socialismo democrático" e os novíssimos como "revolução bolivariana", e ainda o mais LINDO que é "ampliar a democracia", que é o mesmo que fechar jornais e TV's, proibir a maculação da santa imagem do presidente e matar manifestantes para logo após acusá-los de se matarem para desmoralizar os sempre santos governos socialistas. Ou no caso da Venezuela, proibir qualquer livro que não ajude na revolução, só sendo permitidas biografias de Che, Marx, Engels, e todo livro que propague o socialismo. Ou seja, tudo a mesma coisa. Não me venha querer empurrar esse tipo de raciocínio infantil de que 'Marx morreu, agora temos novas idéias'. Ademais, estou longe de querer ser visto como um 'intelectual'. Até porque "intelectuais" nesse país são os partidários do comunismo.

    Att!

    Ops, Ps: Gus para Junior: "Por que eu vi que eu não iria agregar conhecimento algum(como ocorreu), como de fato esse é meu último coments, pra que ficar batendo na mesma tecla não?"

    Oh Glória! O sujeito admite que não agrega conhecimento algum - eufemismo para não dizer que é inútil, totalmente irrelevante - e no lugar de ler um livro fica no blog dos outros, hahahahaha!

    ResponderExcluir
  61. Spertnez

    Quando admiti que houveram desatinos na inquisição, e houveram mesmo, não quis dizer que a Igreja foi responsável por eles. A Igreja tinha normas definidas para a situação. Se pessoas burlaram ou torceram as normas para sua própria convenniência, não podemos responsabilizar a Igreja pelo fato, embora a igreja responda pelo envolvido. Por isso, humildemente, João Paulo II pediu perdão.

    ResponderExcluir

Apostolado Shemá
Seja nosso parceiro. Cole o código em seu blog.

VISITE TAMBÉM