ÚLTIMAS POSTAGENS

sábado, 23 de maio de 2009

OS RITOS ORIENTAIS DA IGREJA



RITOS DA IGREJA DE ANTIOQUIA:

A Igreja de Antioquia na Síria (na costa do Mediterrâneo) é considerada uma Sede Apostólica pela virtude de ter sido Sé Episcopal de São Pedro (antes de ir a Roma). Foi um dos centros antigos da Igreja, segundo o Novo Testamento, e é a fonte de uma série de Ritos que usam a língua Síria Antioquena. Sua liturgia é atribuída ao Apóstolo São Tiago e a Igreja de Jerusalém.

A Igreja de Antioquia é a mais antiga depois da Igreja de Jerusalém, pois se converteu ao cristianismo no terceiro ano após a Ascensão de Jesus. Nesse mesmo período, depois do martírio de São Estevão em Jerusalém. Vários fieis chegaram a Antioquia.
As tradições confirmam a fundação da Igreja de Antioquia pelos Apóstolos Barnabé e Paulo no ano 42, e onde São Pedro foi o primeiro bispo permanecendo nesse cargo durante oito anos (45 a 53). Em seguida foi a Roma onde anunciou o Evangelho e fundou a Igreja Apostólica Romana. Onde nomeou o presbítero Evadius para chefiar a Igreja de Antioquia. Sendo assim Antioquia continuou a desenvolver-se a ponto de ser chamada de “Mãe das Igrejas e das cidades”.

Atualmente a Igreja de Antioquia esta dividida em cinco patriarcados:

Patriarcado Greco Ortodoxo, de rito bizantino. Com Sede em Damasco – Síria;
Patriarcado Greco Melquita Católico, de rito bizantino em união com Roma. Com Sede em Damasco – Síria;
Patriarcado Maronita: rito antioqueno, em comunhão com Roma. Sede em Bkerke – Líbano;
Patriarcado Síriaco Ortodoxo: rito antioqueno. Sede em Damasco-Síria;
Patriarcado Siríaco Católico, rito antioqueno. Sede em Beirute – Líbano em união a Roma.

RITO ANTIOQUENO ou SIRIÁCO:

O rito antioqueno se divide em três variedades:

1. O Rito Siríaco - Maronita: Sua Língua litúrgica é o Aramaico. Após o Concilio Vaticano II. A missa maronita começou a ser celebrada de frente ao povo (versus Popolum). A maioria dos católicos maronitas se concentra no Líbano. Mas também se encontram na Ilha de Chipre, Egito, Síria, Israel, Canadá, Estados Unidos, México, Brasil, argentina, Uruguai e Austrália.

2. Rito Síriaco Antioqueno: São celebrados pelos “Jacobistas” da Igreja Síriaca Ortodoxa. Onde tem uma derivação moderna chamada de Igreja Síria - Ortodoxa ou Siriana. Existe a versão católica em união com Roma a Igreja Siríaca Católica.

3. Rito Síriaco Malakar: É um grupo que eram do rito caldeu que se separou da comunhão com a Igreja de Roma e passaram à jurisdição do Patriarca Sírio Ortodoxo Jacobita. É o caso da Igreja Siríaca Mar Tomé de Malabar da Índia. Isso inclui a porção que voltou em união a Roma, chamada de Igreja Siríaca Malankar Católica.

RITO CALDEU:

O rito caldeu tem sua derivação do antigo rito de Edessa, que se tornou o rito da Igreja da Pérsia (atual Irã) e que no século V aderiu ao Nestorianismo. Sua liturgia é atribuída ao Apóstolo São Tomé.

Rito Sírio Caldeu: Seguido pela Igreja Ortodoxa Assiríaca e pela Igreja Caldeana Católica.
Rito Sírio Caldeu Malabar: Seguido pela parte da Igreja Malabar da Índia que continuou em união com Roma se denominando Igreja Siríaca Malabar Católica. Enquanto que a outra parte Ortodoxa ficou em união ao Patriarca Siriaco Antioqueno.

RITO ARMÊNIO:

Deriva do antigo rito de Cesaréia. E apresenta uma versão mais antiga do rito bizantino. Os Armênios foram os primeiros católicos que se uniram como nação e depois se separou da Igreja de Roma, no tempo das cruzadas. A língua litúrgica é a Língua Armênia. Umas partes dos armênios voltaram em união com a Igreja Romana surgindo um outro Patriarcado.

A Igreja Armênia foi fundada pelos Apóstolos São Bartolomeu e São Judas Tadeu.

RITO ALEXANDRINO:

A Igreja de Alexandria no Egito, foi um dos centros originais do cristianismo. Como em Roma e Antioquia tinha uma grande população judia, tal qual o objetivo de uma inicial evangelização. Sua liturgia é atribuída a São Marcos Evangelista, onde mostrou uma influencia tardia da liturgia bizantina.

São Cirilo de Alexandria também contribuiu para a constituição da liturgia Alexandrina, no ano 444. A liturgia Alexandrina é marcada pelo estilo monástico, com longas recitações de salmos.

O rito alexandrino apresenta duas variedades:

1. RITO ALEXANDRINO COPTA: A língua litúrgica é o Egípcio e o Árabe. Seguido pelas Igrejas Copta Ortodoxa e a copta Católica (em união a Roma)
2. RITO ALEXANDRINO ETÍOPE: A língua litúrgica é o etíope. Seguida pelas Igrejas Etíope Ortodoxa e a Etíope Católica.
RITO BIZANTINO:

O rito litúrgico bizantino formou-se entre os séculos IV e X. Ele teve sua origem no Rito Antioqueno e foi organizado no início por São Basílio e em seguida foi modificado e completado por outros santos e Doutores da Igreja, como: São João Crisóstomo, São João Damasceno, Santo André de Creta etc. Nos Séculos XII e XIII os Patriarcas Melquita de Antioquia (greco melquita), de Alexandria(greco alexandrino ) e de Jerusalém adotaram o Rito Bizantino.

O Rito Bizantino tem sua origem na Igreja fundada pelo Apóstolo Santo André em Bizâncio (Constantinopla) atual Istambul – Turquia. Onde se localiza o Patriarcado Ecumênico da Igreja Oriental Ortodoxa.

As Igrejas (Ortodoxas e Católicas) que compõem o Rito Bizantino dividem-se em quatro grupos principais:

1. GREGOS (ou HELÊNICOS);
2. MELQUITAS (ÁRABES);
3. ESLAVOS
4. RUSSOS.

Depois do Rito Romano o Rito Bizantino é o mais usado na Igreja de Cristo.

O Rito Bizantino sofre algumas pequenas modificações em determinados grupos, a saber:

Rito Bizantino Melquita;
Rito Bizantino Bielo-russo;
Rito Bizantino Ucraniano;
Rito bizantino Ítalo-Albanês;
Rito Bizantino Romeno;
Rito Bizantino Russo.

O mais puro poderíamos dizer que é o Grego.

3 comentários:

  1. Muito interessante mesmo, gostei. Eu sabia pouco sobre os ritos orientais, mas agora achei uma boa fonte de informações.

    ResponderExcluir
  2. Sou Seminarista da Igreja Siria Ortodoxa de Antioquia,e venho parabenizar por essa excelente postagem,rica em informações. Como Cristão Ortodoxo,fico feliz em saber que no Brasil existe em algumas pessoas o desejo conhecer a riqueza e o significado das tradições litúrgicas do Oriente. A Nossa Igreja aqui no Brasil é unida ao patriarcado de Antioquia. Temos como patriarca,S.S Ignátius Zaqueu I e seguimos o rito antioqueno. fraterno abraço em todos.

    Joseph Marcos

    ResponderExcluir

Apostolado Shemá
Seja nosso parceiro. Cole o código em seu blog.

VISITE TAMBÉM