ÚLTIMAS POSTAGENS

sábado, 28 de março de 2009

Profecias e Profetas parte 3

A função dos profetas

Examinando suas palavras num sentido amplo e tomando de uma maneira geral as obras proféticas,vemos que em suas funções era essencial interpretar o passado e presente.
Estudando eles os ocorridos na presença de Deus,viam-no na luz divina e compreendian seu simbolismo.Por essa razão os profetas não eram realmente historiadores(como o autor do Livro dos Reis),mas ,algumas vezes,foram como que políticos ativos,diretoters religiosos(como um diretor espiritual público).
Entre eles podemos admitir não somente Isaías e Jermias,Elias que tutelou Eliseu que,após o arrebatamento de Elias se tornou profeta e mandou,Amã se banhar sete vezes no rio jordão para que fosse curado,um dos filhos dos profetas ungir Jeú,para a queda da dinastia de Jesabel,culpada de prestar culto à Baal.
O fato de eles saberem dos ocorrido passados e presentes os punha a par da vida pessoal e nacional,e ploclamarem primcípios que iam além doque imaginavam.
Assim,quando as mesmas forças agiam em tempos e lugares que iam além do imaginado pelos mesmos profetas,suas palavras de aviso e conforto faziam-se valer,não só uma vez,mas em várias situações.
Diate disso,uma previsão verdadeiramente inspirada,a qual são Pedro se refere(II Pe 1,20)"nenhuma profecia da escritura é de interpretação pessoal.";deixando claro que seu significado e referência não se limita a qualquer ocorrência no tempo.
Luciano
"Arauto"
Bonilha

0 comentários:

Postar um comentário

Apostolado Shemá
Seja nosso parceiro. Cole o código em seu blog.

VISITE TAMBÉM