ÚLTIMAS POSTAGENS

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Assunção corporal e a morte de Maria Santíssima

Assunção corporal e a morte de Maria Santíssima

Apostolado Shemá

Por Nilson Pereira dos Santos Júnior

Morte em Jerusalém:Tradição da Igreja afirma que a morte de maria se deu em Jerusalém.Os mais antigos escritos relevam que quando se aproximava o fim da vida terrestre de Maria, houve grande agitação na Igreja.

Maria soube de antemão que estava para deixar este mundo, os apóstolos tbm foram avisados, de modo que se reuniram em Jerusalém. Quando lá chegaram Maria ja tinha morrido, e axaram o túmulo vazio. Cristo viera buscar sua mãe Santíssima, que a arte bizantina representa sob forma de uma criança enfaixada

.O que é lógico afirmar, pois sendo o Cristo, o Filho de Deus, o próprio Deus feito homem, quis morrer, Maria também terá morrido.Assunção corporal de Maria:A partir do século XI é comum se professar a Assunção Gloriosa de Maria.Os teólogos procuraram bases bíblicas para fundamentarem a tal crença: eis que apontam:Maria é dita pelo Anjo Gabriel "Cheia de Graça".

Esse é o quase nome da virgem, nunca ele disse o nome Maria. Isto quer dizer que Maria nunca esteve sob império do pecado. Em consequência, não poderia estar sob império da morte que entrou no mundo através do pecado(v. Rm 5,12). Sendo assim, é lógico dizer que ela não conheceu a morte, sendo glorificada em corpo e alma.

Conclusão: Eis o que é possivel dizer a Guisa de aprofundamento que da prerrogativa mariana da Assunção Corporal. Em suma, ela decorre da Maternidade Divina, que é de privilégio básico de Maria.
Com efeito, por que devia ser mãe de Deus feito homem, Maria foi preservada de todo o pecado, até mesmo o original(por aplicação antecipadados méritos de Cristo, diga-se de passagem). E se foi isenta de todo pecado, Maria não podia ficar sobre o império da morte no sepulcro, já que a morte foi introduzida no mundo pelo pecado(cf.Rm 5,12)Pronunciamento da IgrejaEm 1950 é publicado o Dogma de Fé no dia 1º de Novembro(E que dia para uma publicação de Dogma)É de notar que Pio XII se limitou a definir que "a Imaculada Virgem Maria, Mãe de Deus, encerrado o seu percurso de vida terrestre foi assumida em corpo e alma"(Constituição Munificentissimus Deus)

. Pio XII usou uma expressão bem ponderada. Assim não quis dirimir a questão: Maria passou pela morte corporal ou não?Em nossos dias, existe uma antropologia errônea; supõe sim, que não haja distinção entre corpo e alma espiritual no homem, de modo que, quando este morre, morre por completo, não ficando a alma imortal, a sobreviver sem o corpo.Na verdade, porém, corpo e alma se distinguem no homem, e a alam por si só é dotada de imortalidade, e ela subisiste sem corpo até a segunda vinda de Cristo.Pois bem então vemos que a Assunção de Maria Santíssima se deu no seu encerramento de vida terrestre e esta já está na glória do Pai.

E todos os mortos em Cristo ressucitarão. "Eu o ressucitarei no último dia(Jo 6,44).


JÚNIOR, Nilson Pereira dos Santos, 2009, Guarulhos, Fonte, revista O Mensageiro de Santo Antônio, São Paulo, Brasil.

Este artigo está livre para cópia e reprodução desde que seja cedida a fonte do autor.

0 comentários:

Postar um comentário

Apostolado Shemá
Seja nosso parceiro. Cole o código em seu blog.

VISITE TAMBÉM