ÚLTIMAS POSTAGENS

domingo, 1 de fevereiro de 2009

NENHUM HOMEM É UMA ILHA




Ana Maria


Mudanças bruscas na humanidade sempre ocorreram, mas a modernidade, fez algo a mais, um possível isolamento.

Muito trabalho, stress, correria, falta tempo para tudo.Praticamente, temos tudo em casa, na net compra-se de tudo o que imaginar, paga-se contas, compra-se comida. Aah, modernidade, também nos tira o sono, leva as síndromes.

Uma cena, chamou-me a atenção: Noite fria , rua mal iluminada, uma moça anda apressadamente, atrás, vem um rapaz, e a chama: Ei, moça! Ela aumenta o passo, já quase corre, ele de um salto, pega-lhe o braço: Você deixou cair seu celular!

Interessante que na nossa existência, sempre tivemos ajuda, não podemos viver só.
Sem pai nem mãe, não estaríamos aqui. Sem professor, não teríamos cultura e, por ai vai a longa caminhada da humanidade.


Quando o mundo perplexo, tentava entender o porque daquele ataque nas torres gêmeas, alguns apressaram-se em acudir. Pega! Corre! Ali! Lá! Ajuda aqui! Vamos, vamos!Muitos que estavam lá, uniram-se num só objetivo, ajudar! Sozinho, ninguém faria nada!

E assim caminha a humanidade, chorando,sorrindo, nascendo, morrendo...mas com uma certeza, ainda que descubra nos momentos mais tristes, um abraço faz a diferença.

Quando Deus fez o homem, deu a cada um, um dom, porém não completo, precisamos uns dos outros, para sermos completos e felizes. Enfim, nem a ilha é só, lá tem pássaros, insetos, plantas...

1 comentários:

  1. O Título do meu texto é:
    NENHUM HOMEM É UMA ILHA, vc n tem direito de alterar meu texto, isso é crime.
    Deleta de uma vez meus textos daqui.

    ResponderExcluir

Apostolado Shemá
Seja nosso parceiro. Cole o código em seu blog.

VISITE TAMBÉM